Publicidade
Cotidiano
Notícias

Eduardo Braga e José Melo prestam contas à Justiça Eleitoral

Os candidatos prestaram contas sobre a arrecadação e o gasto de suas campanhas nesta terça-feira (25), último dia do prazo previsto pela lei eleitoral 25/11/2014 às 21:27
Show 1
Braga arrecadou cerca de R$ 28 milhões e Melo, cerca de R$ 29 milhões
Lucas Jardim Manaus (AM)

Os candidatos que concorreram ao segundo turno das eleições para o Governo do Estado prestaram contas sobre a arrecadação e o gasto de suas campanhas nesta terça-feira (25), último dia do prazo previsto pela lei eleitoral.

O candidato Eduardo Braga (PMDB) enviou sua documentação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por volta das 15h45. Segundo o secretário-geral do PMDB no Amazonas, Miguel Capobiango, a candidatura de Braga gastou cerca de 28,5 milhões durante a campanha.

Isso excede a arrecadação financeira declarada pelo candidato ao TRE-AM, que foi de R$ 28 milhões, de acordo com Miguel. Ele disse que a diferença leva em consideração o fato de que o gasto declarado é o gasto estimado. “Nessa projeção de gasto, contamos doações que não foram exatamente feitas através de repasse de verbas como, por exemplo, a cessão de um espaço para uso da campanha, empréstimo de carros ou mesmo os vários voluntários que trabalharam conosco. Mesmo não se tratando de dinheiro propriamente dito, quantificamos isso de forma aproximada e declaramos ao TRE-AM”, explicou Miguel.

Entre os maiores doadores para a campanha do PMDBista, estão a empresa Recofarma, que cedeu R$ 1,5 milhão, a construtora Odebrecht, que cedeu R$ 1,2 milhão, e o banco BTG, que cedeu R$ 1 milhão.

Ele informou que a sobras de campanhas, que, na campanha de Braga, equivaleram a meros R$ 820, já foram repassadas ao PMDB, de acordo com previsão legal. Essa previsão encontra fundamento no art. 7º da Resolução TSE nº 21.841/2004, que trata da prestação de contas eleitorais.

Já o candidato José Melo (PROS), vencedor do pleito, arrecadou cerca de R$ 29,2 milhões para sua campanha. Entre os maiores doadores, estão as empresa de publicidade Ability Comunicação Integrada, que doou R$ 2,6 milhões, a empresa de previdência privada Bradesco Vida e Previdência, que doou R$ 2 milhões, e a empresa de transporte marítimo e fluvial Grupo Oziel, que doou R$ 1,2 milhões. Em termos de despesa, o candidato declarou gasto de cerca de R$ 29,3 milhões.


Publicidade
Publicidade