Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

Eduardo Braga indicará aliados para cargos na Eletrobras

Ambos do PMDB, partido de Braga, Miguel Capobiango, ex-gestor do UGP Copa, e Jair Souto, ex-prefeito de Manaquiri, ocuparão cargos de assessoria na estatal


02/04/2015 às 21:23

Duas pessoas da confiança do ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga (PMDB), assumirão, na próxima semana, postos chaves no comando da Eletrobras Amazonas Energia: o ex-coordenador da Unidade Gestora da Copa, Miguel Capobiango, e o ex-presidente da Associação Amazonense dos Municípios, Jair Souto, ambos do PMDB.

A atuação de Capobiango será voltada para Manaus, enquanto a de Souto se destinará aos 61 municípios do interior do Estado, em muitos dos quais, os apagões de energia elétrica são constantes. Ontem, ao ser questionado sobre o posto que ocupará na empresa, Miguel Capobiango disse que é uma função de assessoria. “Não é cargo de comando”. Atividade semelhante, segundo ele, será prestada por Jair Souto.

Além de coordenar a preparação do Estado para a Copa do Mundo de Futebol, Capobiango já atuou em postos de chefia nas gestões de Braga, Gilberto, Amazonino, Alfredo Nascimento e Serafim Corrêa. Souto foi prefeito de Manaquiri.

Sobre a troca no comando da Eletrobras Amazonas Energia, o nome que substituirá o atual presidente Radyr Gomes de Oliveira será anunciado, de acordo com Capobiango, na próxima semana. Ele descartou a possível nomeação do atual chefe do gabinete do ministro Eduardo Braga para o posto, Willamy Frota. “É alguém de Brasília”, disse Miguel Capobiango.

Os investimentos da empresa na capital  e nos municípios do interior do Amazonas serão anunciados, na próxima sexta-feira, por Braga durante visita a Manaus.

Atual presidente está no cargo há menos de um ano

Funcionário de carreira da  Eletrobras Amazonas  Energia, o amazonense Radryr de Oliveira, chegou à presidência da empresa em julho do ano passado. Antes ele ocupava o cargo de diretor de Geração e Distribuição desde 2011.

Ele possui 27 anos de experiência no setor elétrico. Gerenciou o  Programa de Eletrificação Rural.  E participou da Coordenação de Implantação de Projetos no Interior do Estado do Amazonas. Um dos principais projetos em curso da empresa é a conclusão da entrada do Estado no Sistema Interligado Nacional (SIN), que  funciona em  caráter experimental desde 2013 por meio da Linhão de Tucuruí.

publicidade
publicidade
Bolsonaro promete enviar ao Congresso projeto que classifica invasões como terrorismo
Educador indígena da rede estadual lança livro sobre a vida Munduruku
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.