SAÚDE

Educador Físico dá dicas para iniciar atividades físicas, neste começo de ano

Educador físico e coordenador da Fórmula Academia, José Roggero, dá dicas para começar os treinos.

Portal A Crítica
18/01/2022 às 18:46.
Atualizado em 08/03/2022 às 16:07

(Foto: Divulgação)

Todo início de ano é a mesma coisa. Praticar atividade física regularmente está no topo da lista de promessas das pessoas. Para quem está no time dos que querem focar mais na saúde em 2022, o educador físico e coordenador da Fórmula Academia, José Roggero, dá dicas para começar os treinos.

Segundo José Roggero, uma desculpa bastante comum das pessoas para fugir da atividade é o fato de não gostarem de exercícios de musculação ou esteira. O professor ressalta que existem outras diversas modalidades que podem ser praticadas e que combinam perfeitamente com a rotina e estilo da pessoa.

O importante, diz ele, é encontrar algo prazeroso e que não será feito por obrigação, já que com o passar dos meses a tendência é a pessoa cansar e desistir. “Gostar do exercício é o primeiro passo para alcançar bons resultados. A dica é experimentar diversas atividades, aulas coletivas, treinos individuais até encontrar algo que se identifique”, disse.

A Fórmula Academia, por exemplo, dispõe de mais de 10 tipos de aulas diferentes. Entre as modalidades estão Dance Mix, Indoor Cycle, GAP, Circuito Funcional, Muay Thai, Ballet Fitness, Abdominal, Alongamento, Mat Pilates, Cross Training, Core Training, Dance Mix e Fit Dance. Para conhecer mais, basta acessar o instagram @formulapontanegra.

De acordo com José Roggero, outra desculpa bastante usada é a falta de tempo. O professor explica que a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que as pessoas pratiquem no mínimo 150 a 300 minutos de atividade por semana. “Isso significa um tempo de 2h30 a 5h por semana. É o mínimo para uma pessoa se manter ativa. É muito pouco. É preciso se conscientizar dos benefícios do exercício para a saúde do corpo e também da mente. Entendendo isso, a pessoa percebe que vale a pena tirar um tempo na rotina para se cuidar”, frisou.

Outra dica para não abandonar o exercício no percurso é criar metas, mas elas precisam ser realistas. “Não adianta querer, por exemplo, perder 10 quilos em uma semana. Esse processo exige tempo e determinação. A orientação é começar aos poucos, conforme as metas forem sendo alcançadas, mais a pessoa se sente motivada para continuar”.

José Roggero destaca que não precisa pressa, principalmente quando se trata de uma mudança de estilo de vida. “A recomendação é começar aos poucos, conforme o próprio ritmo, principalmente se a pessoa estiver há muito tempo sem praticar nada. Querer ir rápido demais só aumenta o risco de lesão”, orienta.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por