Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Notícias

Eleições 2014: José Melo é reeleito após campanha intensa e marcada por troca de acusações

Resultado desafia previsões anteriores ao pleito, que davam o senador Eduardo Braga (PMDB) como franco favorito ao cargo. Com quase 56% dos votos válidos, o candidato do Pros já está matematicamente eleito



1.jpg José Melo desbancou projeções iniciais e se manteve no cargo
27/10/2014 às 14:49

O governador do Amazonas, José Melo (Pros), conquista a reeleição na campanha mais agitada e agressiva vista no Estado em décadas. De ex-aliado a adversário do senador Eduardo Braga (PMDB), que buscava um terceiro mandato à frente do cargo, Melo superou as previsões feitas antes do primeiro turno e conseguiu desbancar o franco favorito neste domingo (26).

Pela primeira vez na história do Amazonas, a campanha para Governo do Estado foi para o segundo turno e, logo que a apuração parcial foi divulgada, às 18h, Melo já aparecia na frente. Agora, com 99,72% das seções apuradas, o candidato do Partido Republicano da Ordem Social soma 55,55% e está matematicamente eleito para continuar no comando do principal Estado do Norte do País pelos próximos quatro anos. 

Enquanto Braga aparece com 44,45% dos votos válidos computados até agora, o equivalente a 692.382 votos, Melo consta com 865.170 votos. Até o momento, a abstenção está em torno de 22,61% e os votos brancos e nulos somam quase 9%.

O candidato do PMDB cancelou a coletiva de imprensa que daria no Manaus Show Clube, se limitando a encaminhar uma nota oficial no fim da noite. Já o clima no comitê do candidato do PROS é de festa e José Melo deve conceder uma coletiva para dar o seu pronunciamento sobre o resultado em breve.


Histórico

Atual governador do estado, José Melo tomou posse em abril deste ano, depois que o então governador Omar Aziz deixou o cargo para se candidatar ao Senado. Formado em economia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), onde lecionou por 14 anos, Melo foi deputado federal por duas vezes, em 1994 e 1998.

Em 2002, foi eleito deputado estadual. Já foi secretário de Educação e Cultura e secretário Municipal de Educação. Esteve, ainda, à frente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Amazonas e da Sociedade de Navegação Portos e Hidrovias do Amazonas (SNPH). Em 2006, assumiu a Secretaria de Governo do Estado.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.