Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
COMBATE

Em 8 dias, China constrói hospital para pacientes suspeitos de coronavírus

O hospital Huoshenshan, ou "montanha dos deuses do fogo", foi projetado para ter mil leitos para pacientes com infecções confirmadas no país asiático



china1_2A7BF13C-6EE2-4C93-BCC1-E471CE503F0D.JPG Foto: Chinatopix/AP
03/02/2020 às 08:28

Construído em apenas oito dias, um hospital chinês dedicado a tratar pessoas infectadas com um novo coronavírus em Wuhan, o epicentro do surto, começará a receber pacientes na segunda-feira, informou a mídia estatal.

O hospital, Huoshenshan, ou "montanha dos deuses do fogo", foi projetado para ter 1.000 leitos para pacientes com infecções confirmadas, a fim de diminuir a escassez de leitos em outras partes da cidade à medida que o vírus se espalha.



A epidemia matou 361 pessoas e infectou mais de 17.000 na China e pelo menos 171 no exterior. Existem mais de 11.000 casos na província de Hubei, onde Wuhan está localizada, informou a televisão estatal na segunda-feira.

A construção de Huoshenshan foi copiada de um hospital construído em Pequim em 2003 dedicado à luta contra a SARS, ou síndrome respiratória aguda grave. Mais de 7.500 trabalhadores participaram do projeto de construção rápida, iniciado em 25 de janeiro e finalizado neste fim de semana.

A China está construindo um segundo hospital em Wuhan dedicado ao tratamento de pacientes com coronavírus, com 1.600 leitos. Leishenshan, ou "montanha do deus do trovão", está programado para ser concluído em 5 de fevereiro.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.