Quarta-feira, 14 de Abril de 2021
Queda no número de crimes

Em dez meses, número de crimes letais em Manaus tem queda de até 20%

Neste período, o número de homicídios na capital amazonense soma 547 registros



fb877a08-4abe-4b2d-8d42-0b63983c5efb_D80B268E-B8D3-438C-8F38-B84DB9F3397F.jpg Foto: Divulgação
16/12/2020 às 07:07

Neste ano, os indicadores de criminalidade em Manaus têm apresentado quedas históricas. De janeiro a outubro, houve redução nos principais indicadores, com destaque para a queda nos registros de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que engloba os crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Os homicídios tiveram a maior queda, com 20% de redução.

Em dez meses, o número de homicídios na capital amazonense soma 547 registros. O número é 20,4% menor que o registrado em igual período do ano passado, quando houve 688 casos. Com as ações integradas da Segurança Pública e maior repressão às atividades criminosas, a redução na quantidade destes crimes representa 141 casos a menos que no mesmo período do ano passado.



“Isso é o resultado de um trabalho integrado. Quando assumimos a secretaria recebemos uma meta programada de redução anual de 5%. Só agora, no ano de 2020, estamos reduzindo os homicídios, por exemplo, em 20%. É o planejamento do sistema e a dedicação dos policiais no dia a dia para gerar tranquilidade à nossa população”, disse o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates.

Bonates também destacou os investimentos realizados no sistema ao longo de 2020, com a distribuição de novos armamentos, a entrega de equipamentos e o lançamento de novos programas, como o Rocam Motos.

“Temos o apoio integral do governador Wilson Lima e do Governo Federal, através do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que tem ajudado a trazer muitos investimentos na segurança pública, o que se reverte em queda na criminalidade”, ressaltou.

Desde 2009, este é o ano com a menor quantidade de homicídios, se comparados os dez primeiros meses de cada ano. À época, haviam sido registrados 553 crimes deste tipo em Manaus.

Além dos homicídios, os outros dois indicadores CVLI apresentaram retração. Os roubos seguidos de morte, conhecidos como latrocínios, caíram 10,3%, enquanto os casos de lesão corporal seguida de morte recuaram 23%.

Outros crimes – Manaus também viu cair os registros de outros crimes entre janeiro e outubro. Os dados de estupro tiveram uma redução de 21,5%. Também houve queda nas tentativas de homicídio (-24,5%), furto (-18%) e roubo (-17%), por exemplo.

Indicadores em queda

• Homicídios: queda de 20,9%, a menor quantidade desde 2009

• Latrocínio: queda de 10,3%, a menor quantidade desde 2011

• Lesão seguida de morte: queda de 23,5%

• Lesão corporal: queda de 3,2%

• Estupro: queda de 21,5%, a menor quantidade desde 2011

• Tentativa de homicídio: queda de 24,5%, a menor quantidade desde 2010

• Furto: queda de 18,6%, a menor quantidade desde 2018

• Roubo: queda de 17,1%, a menor quantidade desde 2015

• Roubo de veículos: queda de 22,3%, a menor quantidade desde 2013

• Roubo a estabelecimentos comerciais: queda de 15,7%, a menor quantidade desde 2015

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.