Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
pescado_ilegal_0D790714-5B8F-4169-BB30-1BC7B0D19D4D.JPG
publicidade
publicidade

PEIXE

Em dois meses, PM apreende 4 vezes o total de pescado ilegal confiscado em 2018 no AM

Entre janeiro e fevereiro deste ano, Batalhão Ambiental apreendeu 9,8 toneladas de peixe. Maior parte das apreensões ocorreu em Manaus e envolve pescado que vêm de Manacapuru e Tapauá


13/03/2019 às 19:13

Nos primeiros dois meses do ano, 9,8 toneladas de pescado ilegal foram apreendidos pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas, um aumento de 300% em comparação com 2017, ano em que 2,4 toneladas de pescado foram recolhidas.

A maior parte das apreensões deste ano ocorreu na capital amazonense e refere-se a peixes que vêm de Manacapuru e Tapauá. As apreensões ocorreram em virtude de maiores fiscalizações e denúncias da população feitas ao número (92) 98842-1547, segundo a Polícia Militar.

De acordo com o subcomandante do Batalhão Ambiental, major Santos Correa, os peixes apreendidos são de espécies como aruanã, caparari, sardinha, pirapitinga, surubim, pacu e mapará. As espécies estão em período de defeso. O pescado recordista em apreensão continua sendo o pirarucu, cuja pesca é proibida o ano inteiro.

publicidade

“Peixes como aruanã, matrinchã e pacu entraram no período do defeso em novembro e saem agora 15 de março, por isso intensificamos as operações para apreender esse pescado irregular. No caso do tambaqui, o defeso começa em 1º outubro e vai até 31 de março e a pesca está proibida, então estamos fiscalizando”, afirmou.

“Fizemos algumas operações nesse sentido e estamos planejando operações referentes ao defeso do pirarucu. Temos apreendido bastante madeira ilegal, carvão. Quando finalizar o período do defeso, vamos concentrar nossos trabalhos na apreensão de carvão ilegal, que é também um crime que agride o meio ambiente”, disse o major Santos Correa.

Somente no mês de fevereiro, o Batalhão Ambiental realizou nove operações de fiscalização, além das grandes operações realizadas em conjunto com a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e a Divisão de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura.

publicidade
publicidade
Amazonas está há dois dias sem registrar casos de gripe H1N1
Preço da gasolina cai em Manaus após instalação da CPI dos Combustíveis
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.