Publicidade
Cotidiano
REFORÇO

Em posse de comandante, Melo diz que vai lançar concurso para o Corpo de Bombeiros

Governador afirmou, ainda, que irá promover oficiais e praças da corporação nos mesmos moldes do que será feito com a Polícia Militar 14/03/2017 às 08:36 - Atualizado em 14/03/2017 às 09:01
Show 20170313 bzanardo passagem de comando bombeiros 62788
Passagem de comando foi realizada na noite desta segunda-feira (Foto: Bruno Zanardo / Secom)
acritica.com* Manaus (AM)

O governador José Melo afirmou, durante a posse do novo Comandante do Corpo de Bombeiros do Amazonas, que irá lançar um edital de concurso público para a corporação. Na ocasião, ele também garantiu  promoções para os oficiais e praças da corporação, nos mesmos moldes do que já havia prometido para os policiais militares.

De acordo com o Governo do Estado, aproximadamente R$ 135 milhões devem vir para o Amazonas, resultado do acordo feito durante encontro dos governadores com o Governo Federal realizado ano passado, sobre o rateio de R$ 5,3 bilhões provenientes da repatriação de bens de brasileiros no exterior.

Com esse recurso, o governador José Melo assegurou o compromisso de garantir as promoções e os reajustes da classe. “Agora no mês de abril, se Deus quiser, estaremos recebendo os recursos da repatriação, e incluirei os bombeiros, assim como a Polícia Militar nas promoções que estão aí atrasadas e que não pudemos fazer por conta da crise, mas que agora o Estado abre mão desse dinheiro que vem extra para fazer as promoções das Polícias de nosso Estado”, ressaltou o governador.

Em relação ao concurso para o Corpo de Bombeiros, José Melo disse que há a necessidade de suprir a demanda. “A corporação está muito reduzida e, portanto, devemos lançar um novo edital para o novo concurso que será realizado para recompor aqueles que foram para a reserva remunerada”, explicou o governador, que, também, garantiu a aquisição de novos equipamentos para o Corpo de Bombeiros para impulsionar os serviços de emergência proporcionando um melhor atendimento a população.

Enchente

O governador José Melo garantiu a seguridade do apoio às famílias atingidas pelas cheias dos rios deste ano. O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, está em andamento com a distribuição de 12 toneladas de ajuda humanitária aos afetados pela enchente na calha do Juruá.

O primeiro município a receber os mantimentos foi Guajará, que está em Situação de Emergência. Nessa cidade, em torno de 1.051 famílias foram afetadas em pelo menos 31 comunidades. A ajuda é composta de cestas básicas, kits medicamento (antibiótico, vitamina, sais de hidratação, analgésico), kits dormitórios (lençol, rede, mosqueteiro), kits higiene pessoal e ainda, hipoclorito de sódio, para purificação da água. Os próximos municípios beneficiados pelo Governo do Estado são Ipixuna, Eirunepé  e Itamarati.

"Desde a estiagem de 2005 nos preparamos, e hoje temos um planejamento estratégico pronto para situações de emergência, quer seja para grandes cheias ou vazantes. E separamos cerca de R$ 30 milhões de reais para este ano porque imaginávamos que aconteceria essa cheia em nosso Estado. Temos aí a calha do Juruá recebendo a ajuda humanitária, mas também estamos nos preparando para o Purus e Alto Solimões que estão sendo monitorados, tendo em vista que estamos preparados para socorrer os nossos irmãos ribeirinhos", ressaltou o governador José Melo.

Novo comando 

Quem assume como Comandante Geral do Corpo de Bombeiros é o coronel Fernando Paiva Pires Junior. Ele assume o cargo no lugar do coronel Fernando Sérgio Austregésilo Luz, que deixou a função a pedido e acatado pelo governador do Estado. Como subcomandante, assume o coronel Raimundo Rodrigues da Silva.

José Melo comentou que o novo Comandante está alinhado com a missão da Corporação. “O coronel Fernando Sérgio fez um grande trabalho foi uma honra e alegria tê-lo conosco. E quem assume está alinhado com a atuação do Corpo de Bombeiros e com o que pensamos em termos de apoio em nosso Estado. Portanto desejo todo sucesso é um bom trabalho nos seus objetivos”.

*Com informações de assessoria

Publicidade
Publicidade