Publicidade
Cotidiano
ATENDIMENTOS

Em quatro meses, Corpo de Bombeiros realiza 1.195 atendimentos em todo AM

Bombeiros fecham o primeiro quadrimestre do ano com mais de mil ocorrências atendidas e a execução de projetos sociais com as comunidades 06/06/2017 às 09:19 - Atualizado em 06/06/2017 às 11:40
Show  ndice
(Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
acritica.com Manaus (AM)

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), atendeu nos primeiros quatro meses do ano de 2017 um total de 1.195 ocorrências de naturezas diversas. Salvamento, busca e resgate lideram a ação dos militares, que desenvolvem paralelamente projetos sociais com as comunidades na capital e no interior.

“Nossa atividade fim é a prevenção. Nós trabalhamos para que as grandes ocorrências não aconteçam. Mas é justamente na emergência que o cidadão sente verdadeiramente o apoio incondicional do Corpo de Bombeiros. É quando se cria um vínculo marcante entre o socorrido e quem socorre”, enfatizou o Comandante Geral do CBMAM, Fernando Pires Junior.

As ações de salvamento, busca e resgate, são as ocorrências com maior volume. Essa atuação acontece em casos de vítimas presas em ferragens, pessoas desaparecidas em ambiente de selva, afogamentos, salvamento em altura, naufrágio e resgate de animais silvestres. No primeiro quadrimestre, esses acidentes representaram quase 50% do total de chamadas do ano, ganhando inclusive, das ocorrências de incêndio.

Em 2017, o trabalho preventivo, social e educativo com as comunidades e as empresas, gerou a diminuição do número de ocorrências em 30% relação ao mesmo período do ano passado.

Projetos sociais como “Bombeiros Mirins”, “Terceira Chama” e a “Formação de Voluntários”, estão entre as ações desenvolvidas pela corporação com as comunidades.

Bombeiro Mirim

O projeto educacional “Bombeiro Mirim”, desenvolvido pelo CBMAM atende hoje 500 crianças e adolescentes de 07 a 16 anos, que tem baixo rendimento escolar e risco social, em cinco municípios do Amazonas (Itacoatiara, Parintins, Iranduba, Rio Preto da Eva e Tefé). Entre as atividades desenvolvidas estão: noções de salvamento (aquático, pré-hospitalar, rapel), teoria de combate a incêndio, educação ambiental, de trânsito e informática. Todo o trabalho é executado por Bombeiros Militares, com o apoio de voluntários nas áreas de pedagogia, psicologia entre outras especialidades.

Terceira Chama

O projeto social desenvolvido no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba, reúne 35 idosos, para atividades lúdicas, físicas e de entretenimento.

Formação de Voluntários- A corporação realizou o primeiro curso de Atendimento Pré-hospitalar de 2017, e capacitou 78 voluntários de Parintins, que agora estão aptos a atuar em situações de emergência.

Entre as técnicas ministradas por quatro instrutores bombeiros militares, estão a manipulação e transporte de pacientes; o reconhecimento do estado de choque; parto emergencial; fraturas; queimaduras; hemorragias e ainda, a retirada de capacete e manipulação de 90 a 180 graus (técnica de rolamento que posiciona a vítima de trauma sobre a prancha, com cuidado especial a estabilização da coluna cervical).

Guarda vidas

Para atuar em conjunto com o Corpo de Bombeiros, 42 guarda vidas já foram formados este ano em Parintins. 

Os novos profissionais já estão à disposição da corporação para atuar de forma voluntária, em situações emergenciais e de prevenção, garantindo a segurança da população em meio líquido. 

Curso de resgate

A corporação também está em andamento com o “Curso de Resgate de 2017”. A proposta é aperfeiçoar os conhecimentos técnicos de 34 alunos entre praças e oficiais do CBMAM, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, servidores da Secretaria de Estado da Saúde (SUSAM) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O treinamento reforça as habilidades dos profissionais em ocorrências como acidentes de trânsito, vítimas politraumatizadas, busca em ambiente de selva, emergência em locais de grande concentração de público, entre outras situações, que coloquem em risco a vida humana.

Formação de militares

Está em andamento o “Curso de Formação de Sargentos”, que faz parte da continuidade da carreira militar e prepara os futuros sargentos para o comando das equipes de serviço da capital e interior. A turma é formada por 36 alunos, que passam por instruções como salvamento em altura e aquático, atendimento pré-Hospitalar, cursos operacionais e de liderança. Com início em 15 de março e término está previsto para este mês.

Operação “Bombeiro Presente”- Com a finalidade de proporcionar a população da capital e interior, maior segurança e o pronto socorro em ocorrências de bombeiros, a corporação reforçou este ano a “Operação Bombeiro Presente” para atuação na área de prevenção e combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, buscas, resgate e salvamentos em geral. Nesta Operação, realizada todos os fins de semana, os militares ficam posicionados em locais de grande movimentação, como a barreira policial das rodovias AM 010 e BR 174 e Ponte Rio Negro.

Núcleos de atendimento- Este ano, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), está em fase de implementação de seis Núcleos de Atividades Técnicas (NAT), para a regulamentação de empresas junto ao CBMAM no interior do Estado, ação antes realizada somente na capital.

Inicialmente, os Núcleos serão instalados em Iranduba, Rio Preto da Eva, Tabatinga, Itacoatiara, Parintins e Manacapuru.

Funesbom

O Fundo Especial do Corpo de Bombeiros já garantiu a corporação, a compra de uma Unidade de Resgate- UR, utilizada em situações de socorro a vítimas de trauma, mal súbito, entre outras emergências. Para 2017, já está em andamento à aquisição de equipamentos de proteção individual e fardamento para os militares, bem como a compra de materiais para atendimento pré-hospitalar e salvamento terrestre. Os recursos do fundo são prioritariamente oriundos de atividades técnicas e prevenção contra incêndio e controle de pânico, realizadas pelo CBMAM.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade