Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020
- 50%

Em resposta a protestos, Chile reduz pela metade salário de políticos

Banco Central e na Controladoria Geral da República devem participar de uma comissão para rediscutir os novos salários



protestos-no-chile-multid_o_1C97AE8F-86A9-4E46-9C1D-7D8D4C8B23AA.jpg Foto: Ivan Alvarado / Reuters
28/11/2019 às 07:42

Em decisão unânime (150 votos a favor), a Câmara dos Deputados do Chile aprovou lei que reduz em 50% do salário e outras remunerações de congressistas do país. A decisão da redução dos salários é uma resposta aos protestos no país, que já completam 6 semanas.

A medida é provisória foi aprovada nessa quarta-feira (27) e vale por 60 dias. Durante esse tempo, uma comissão autônoma se reunirá para definir novos tetos para políticos e altos funcionários.



Servidores que já trabalharam no Banco Central e na Controladoria Geral da República devem participar de uma comissão para rediscutir os salários. O projeto deve passar pelo Senado para entrar em vigor.

Leia mais >>> Chile convoca reservistas das Forças Armadas para conter manifestações


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.