Domingo, 19 de Maio de 2019
POLÍTICA

Em reunião partidária, Artur diz que apoiaria Rotta à Presidência em caso de escolha

Reunião partidária anunciou ainda a filiação de três parlamentares ao PSDB. Prefeito de Manaus declarou que não deve concorrer às eleições de 2018 e 2020



artur.jpg
Foto: Antônio Lima
06/04/2018 às 22:16

O prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), afirmou que, se dependesse apenas dele, o vice-prefeito Marcos Rotta seria candidato à presidência da República. Rotta se desicompatibilizou do cargo de secretário hoje para estar apto a concorrer nas eleições deste ano.

A declaração de Artur foi dada durante o Encontro Estadual do PSDB Amazonas, realizado em uma casa de eventos na Zona Oeste de Manaus na noite desta sexta-feira (6).

Artur, que pleiteava se candidatar a presidente, também declarou que não vai concorrer a nenhum cargo nas Eleições 2018. "Eu estou fora. Disse que não iria disputar a eleição. As pessoas se assustaram, mas não vou. Mas eu pretendo participar de forma ativa, porque Manaus precisa de um governante que seja fraterno com a cidade", afirmou ele.

Marcos Rotta, durante seu discurso, afirmou que deixou a Secretaria Municipal de de Infraestrutura (Seminf) a pedido de Artur. Com a descompatibilização, Rotta pode se candidatar nas eleições deste ano.

"Toda boa seleção precisa de um Tite e ele (Artur Neto) é nosso Tite. Sigo ele de olho fechado. Artur falou, eu confio. Ele não poda sonhos políticos", disse Rotta.

Se depender da fala do vereador Plínio Valério, o PSDB deve lançar um nome ao Governo do Estado nesta eleição. "Se não mudamos o Amazonas em 1986, mudaremos em 2018", afirmou.

Os próximos eventos do PSDB, a partir de hoje, vão servir para comemorar os 40 anos de vida pública de Artur. O prefeito disse ainda que o partido tomará decisões com muita segurança sobre a posição de Rotta na eleição. 

Trocas

Os tucanos também anunciaram durante o evento a filiação de três políticos que trocam de partido este ano visando as eleições: a deputada federal Conceição Sampaio, a vereadora de Manaus Socorro Sampaio, que deixam o PP, além da também vereadora da capital, Therezinha Ruiz, ex-DEM.

Therezinha Ruiz afirmou que pretende concorrer a uma vaga na ALE-AM. "Na última eleição, mesmo sendo do DEM, eu já tinha caminhado com o prefeito Arthur. Agora surgiu o convite. Era hora de fazer uma mudança. Vou colocar meu nome à disposição do PSDB nas convenções. Se passar, provavelmente venho como deputada estadual", afirmou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.