Publicidade
Cotidiano
Notícias

Em tempos de dólar alto, confira dicas sobre melhor momento de viajar para o exterior

A alta do dólar surpreendeu quem estava com viagens marcadas  para o exterior. A CRÍTICA consultou turistas e especialistas para saber se vale a pena esperar antes de fazer as malas 21/03/2015 às 17:33
Show 1
A advogada, Fernanda Begara, já pensa em trocar destinos futuros para países europeus
Juliana Geraldo Manaus (AM)

O dólar já ultrapassa a barreira dos R$ 3 e além, de representar problemas para a economia brasileira, a alta cotação da moeda america também é um empecilho para quem havia programado a sonhada viagem para o exterior, principalmente para países como Estados Unidos e Canadá.

E agora? o melhor é seguir com os planos ou esperar até que a moeda volta para padrões mais aceitáveis? É melhor mudar o destino? cancelar a viagem? Comprar os dólares agora ou depois?

As dúvidas são muitas e já ‘pesam’ na hora de fazer as malas. A estilista Cristine Batista, por exemplo, planejava levar a filha de cinco anos à Disney pela primeira vez no final deste ano.Mas devido ao alto custo da moeda americana, a viagem foi adiada para 2016. “Com o susto da alta do dólar, achei melhor aguardar um pouco” conta.

Já a advogada, Fernanda Begara, que recentemente viajou ao Canadá com o marido, conta que as próximas viagens serão pensadas com mais calma. "Com algumas estratégias dá sim para fazer a viagem, mas por enquanto acredito que vamos acabar optando por outros destinos em que a moeda não seja o dólar, como os países europeus", comenta.

Para ajudar, A CRÍTICA ouviu especialistas que explicam o atual momento econômico e dão dicas sobre qual a melhor estratégia. Afinal: Viajar ou não viajar? Quer saber? Confira na edição deste domingo (22) do Jornal A Crítica.

Publicidade
Publicidade