Domingo, 21 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

Embarcação com uma tonelada de pescado irregular é apreendida no Rio Negro

O pescado irregular, Pirarucu, foi todo doado à Prefeitura Municipal de Novo Airão para ser distribuído às comunidades carentes


05/04/2015 às 13:42

O grupo de Inspeção Naval do Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) “Amapá”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, em parceria com Policiais Militares do Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Agente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) apreenderam na tarde deste sábado (4), uma embarcação regional com condutor não habilitado e uma tonelada e meia de pescado irregular (Pirarucu) no Rio Negro,  nas proximidades do município de Novo Airão, no Amazonas.

O condutor da embarcação foi preso em flagrante pelos Policiais Ambientais e conduzido à Delegacia do Município de Novo Airão, a fim de lavrar o Auto de Prisão em Flagrante.

O pescado irregular, Pirarucu, foi todo doado à Prefeitura Municipal de Novo Airão para ser distribuído às comunidades carentes.

A embarcação apresada foi escoltada até Manaus pelo NPaFlu Amapá e transferida para a Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, que ficará responsável pela guarda da embarcação até que a irregularidade seja sanada perante a Capitania.

A ação faz parte da Patrulha Naval (PATNAV) Negro, iniciada pela Marinha do Brasil no último dia 2, e conta com o concurso do Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

*Com informações da assessoria de comunicação. 


publicidade
publicidade
Tonelada de droga avaliada em R$ 6 mi é apreendida em embarcação
Meninas do Rio Negro vencem o Handebol Clube de Manaus pela 2ª rodada da Liham
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.