Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
ECONOMIA

Empresa amazonense conquista espaço entre grandes do setor nacional

A empresa amazonense faz parte do Grupo Chibatão e chega ao final do primeiro semestre de 2016, presente nas principais obras de infraestrutura em andamento atualmente na região, como usinas e terminais energéticos a transportes de cargas especiais



00.jpg Principal empresa do Norte e Nordeste de engenharia de movimento e uma das líderes tecnológicas do segmento no País, a Tomiasi Logística, possui hoje, mais de 390 colaboradores diretos (Divulgação)
06/06/2016 às 10:00

Principal empresa do Norte e Nordeste de engenharia de movimento e uma das líderes tecnológicas do segmento no País, a Tomiasi Logística Pesada (Remoção), possui hoje mais de 390 colaboradores diretos. A empresa amazonense faz parte do Grupo Chibatão e chega ao final do primeiro semestre de 2016, presente nas principais obras de infraestrutura da região, como usinas e terminais energéticos, e também atuando em transportes de cargas especiais, atendendo principalmente o Polo Industrial de Manaus (PIM).

“O planejamento desenvolvido ao longo dos anos, os investimentos na aquisição de equipamentos, e também na formação e qualificação de mão de obra altamente especializada, estão dando o retorno esperado mesmo em um período economicamente instável como o atual”, avalia o Diretor Executivo do Grupo Chibatão, Jhony Fidelis.

Para os seis meses restantes deste ano, a empresa está acompanhando a previsão da elevação dos índices de produtividade do Polo Industrial de Manaus (PIM). “Iniciaremos o segundo semestre com força total, com transporte superdimensionado e atendimento de pequenos serviços no município de Manaus”, afirma ainda Fidelis.

Um exemplo de megaoperação para o segundo semestre é o transporte de equipamentos de grande escala para uma multinacional que produz refrigerantes e outras bebidas em Manaus. “Isso mostra a capacidade e confiança que a Tomiasi, empresa genuinamente amazonense, conquistou ao longo dos anos de atuação”, destaca a diretora executiva da Tomiasi, Jeany Oliveira.

Outra operação confirmada é o carregamento de equipamentos de uma fábrica do segmento petroquímico, localizada no Distrito Industrial, para a nova sede na Torquato Tapajós. “Esse tipo de ação requer autonomia e planejamento prévio para execução, procedimento que a Tomiasi prioriza com o auxílio de órgãos de fiscalização e de trânsito para um bom resultado”, frisa Jeany.

“A Tomiasi faz parte do Grupo Chibatão há 7 anos e soma em sua trajetória grandes operações e participação na construção de obras relevantes para o Amazonas, como o içamento da estrutura da Arena da Amazônia, palco do Mundial de 2014 realizado no Brasil, e participação na construção da Ponte Rio Negro (Manaus-Iranduba), inaugurada em 2011”, afirma o diretor-presidente do Grupo Chibatão, Jean Bergson. A empresa faz parte do maior complexo portuário privado da América Latina, hoje com 2 milhões de metros quadrados, atuando em diversos segmentos logísticos.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.