Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
ECONOMIA

Empresários no AM apresentam demandas para superintendente da Suframa

Com general Algacir Polsin, classe empresarial também debateu sobre a retomada econômica no pós-pandemia do novo coronavírus



fieam_2691958F-47A6-4C62-9DBE-11D54D8573C4.JPG Foto: Divulgação
03/07/2020 às 21:29

Empresários da indústria e do comércio estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira (3) com o novo titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), general Algacir Polsin, para discutir pautas de interesse comum. No primeiro encontro da classe empresarial com o superintendente da Suframa debateu-se a retomada econômica no pós-pandemia do novo coronavírus, a reforma tributária e o destravamento dos Processos Produtivos Básicos (PPB), que assegura novos investimentos no modelo econômico.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, disse que a reunião foi de alinhamento das classes produtoras e o novo superintendente com a apresentação de ‘anseios e preocupações’ dos segmentos. A reunião foi fechada, na sede da federação, e com duração de quatro horas.



“Foi uma reunião proveitosa de alinhamento, de entendimento em função de tudo aquilo que está sendo tratado e colocamos as nossas preocupações do comércio, indústria e pecuária como um todo. Tudo que constar na reforma tributária tem relação com o nosso modelo de desenvolvimento e mexe com a Suframa. Nos colocamos à disposição do general no sentido de colaborar e fazer com que a coisa venha acontecer em prol do desenvolvimento do modelo Zona Franca de Manaus”, explicou.

Na avaliação do presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco a reunião foi produtiva e resumiu em uma conversa franca e transparente. “Ele (Polsin) teve a humildade de quem está assumindo o cargo, mas mostrou  firmeza e determinação de quem vai entender primeiro, buscar as soluções de forma inteligente e com  diálogo tanto com a classe que demanda dele, que somos nós, principalmente, dentro do Ministério da Economia encontrando argumentos para aceitar e entender os benefícios do nosso modelo e as potencialidades do nosso estado. Saímos muito animados da reunião”, declarou o empresário.

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL), Ralph Assayag, um dos pleitos apresentados pela classe é que mudanças radicais de sistemas na autarquia sejam comunicados com antecedência para as lideranças da indústria, do comércio e de serviços. O empresário explicou que o pedido visa evitar alguns problemas que aconteceram no final de 2019. “Esperamos que cumpra as mudanças que ele (Polsin) avalia que sejam feitas na Suframa, pessoas e setores, e nos deu uma certa tranquilidade para que possamos crescer, principalmente, no momento como hoje. Possa trazer indústrias, ajustar o comércio, mostrar para quem vende para cidade de Manaus ou para Zona Franca o processo porque muitas indústrias não querem vender porque acham que o processo é muito difícil e demorado”, relatou.

Segundo o presidente da Fieam, na reunião foi discutido ainda o pacote de obras de asfaltamento de ruas do Distrito Industrial. O projeto para recuperação viária do Distrito Industrial é objeto do convênio de R$ 150 milhões entre a Prefeitura de Manaus e a Suframa. Reportagem de A CRÍTICA publicada no dia 6 de junho mostrou que ruas do distrito com um festival de buracos, ausência de meio-fio e a falta de manutenção em bueiros.

Algacir Polsin prometeu buscar todos os benefícios da Zona Franca de Manaus (ZFM) para região amazônica e fazer propaganda do modelo com uma abordagem diferenciada. O superintendente da Suframa citou ainda a proposta dos novos projetos não se limitar a geração de empregos e proporcionar vantagem social, espécie de retorno para população.

Participaram da reunião presencial com Polsin, o vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo; o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Jorge Júnior; o presidente em exercício da Federação do Comércio do Amazonas (Fecomércio-AM), Aderson Frota; o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Jorge Lima e o Secretário de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas, Jório Veiga.

 “O governo estadual e o federal que aqui se chama Suframa tem que caminhar juntos nas ações de desenvolvimento”, disse o presidente da Fieam, acrescentando que novos encontros serão realizados pelas entidades de classe.

Saiba mais

O general Algacir Polsin assumiu a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), em junho, após a saída do coronel Alfredo Menezes. O nome de Polsin já estava sendo cogitado para assumir a autarquia e contou com o apoio de núcleos empresariais do Estado. A nomeação de Polsin foi publicada na edição extra do Diário Oficial da União do dia 15 de junho e dois dias depois tomou posse. Na cerimônia de posse virtual, Algacir defendeu a ampliação do modelo para outros segmentos da indústria atraindo novos setores e o agronegócio para o fortalecimento da matriz econômica.

News larissa 123 1d992ea1 3253 4ef8 b843 c32f62573432
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.