Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
publicidade
arsam_2.JPG
A solicitação de alteração dos horários das empresas foi feita na quinta-feira (25) (Foto: Arquivo AC)
publicidade
publicidade

REDUÇÃO

Empresas de ônibus intermunicipais continuam os serviços com horários reduzidos

Por conta da greve dos caminhoneiros, a Arsam precisou reduzir o serviço de seis empresas. A medida permanece sem previsão de normalização


28/05/2018 às 14:28

As empresas de ônibus permissionárias Eucatur, Aruanã, Emtram, Master, Expresso Transamazônica, que realizam o serviço de transporte intermunicipal, reduziram em 50% os horários de atividade das frotas, no sábado (26), por conta da redução total de fornecimento de combustíveis, devido ao movimento de greve dos caminhoneiros, e esta redução permanecem sem previsão de normalização.

A solicitação de alteração dos horários das empresas foi feita na quinta-feira (25) pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento de Manaus (Sifretam) mediante um ofício ao Departamento de Transportes Intermunicipais da Arsam, que autorizou a redução do tempo de escala dos trajetos.

De acordo com o chefe do Departamento de Transportes da autarquia, Oziel Mineiro, a alteração dos horários ainda não tem previsão para normalizar. ”As empresas permanecem trabalhando com apenas a metade dos horários das frotas e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento de Manaus (Sifretam), nos disse que devido à falta de combustível, ainda não há previsão para a normalização dos horários. A Arsam continua cumprindo as competências de regular, fiscaliza e coordenar os serviços de transportes intermunicipais mantendo os  usuários informados e assegurando o direito de ir e vir da população” disse Mineiro.

Os trajetos que tiveram mudanças nos horários são os seguintes:

- Manaus – Itacoatiara e Itacoatiara – Manaus, de 28 horários para 22 horários;

- Manaus - Presidente Figueiredo e Presidente Figueiredo – Manaus, de 10 horários para 6 horários;

publicidade

- Manaus - Novo Remanso e Novo Remanso – Manaus, de 4 horários para 2 horários;

- Manaus - Balbina e Manaus – Balbina, de 4 horários para 2 horários;

- Manaus - V. Abonari e Manaus- V. Abonaria, de 4 horários para 2 horários;

- Manaus - Manacapuru e Manacapuru – Manaus, de 32 horários para 13 horários;

- Manaus - Novo Airão e Novo Airão – Manaus, de 6 horários para 5 horários.

*Com informações de assessoria de imprensa

publicidade
publicidade
Motoristas de vans de turismo protestam contra cobrança de taxa da Arsam
Maior distribuidora de peças automotivas do Brasil abre unidade em Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.