Publicidade
Cotidiano
Notícias

Empresas familiares ampliam negócios por meio de programas de capacitação

Com o crescimento do mercado, essas empresas são desafiadas a se adequar a uma nova dinâmica para sobreviver à agilidade e competição do mundo dos negócios 25/10/2014 às 16:09
Show 1
Fábio Guarnieri, da Outitude Business School, precisou montar logística apropriada para trazer os programas da FDC
camila leonel ---

Na cidade de Manaus, boa parte das empresas de pequeno e médio porte é dirigida por famílias que têm espírito empreendedor, mas que, muitas vezes, não têm conhecimentos de gestão de negócios e de pessoas necessários à boa condução do negócio. Com o crescimento do mercado, essas empresas são desafiadas a se adequar a uma nova dinâmica para sobreviver à agilidade e competição do mundo dos negócios.

Uma alternativa para esses empresários são as escolas de negócios, porém, ter que sair da cidade para fazer esse curso em outro lugar era um entrave para quem desejava capacitação. Para mudar esse cenário, há três anos a Fundação Dom Cabral (FDC) chegou a Manaus com a proposta de capacitar o empresariado local com a mesma qualidade dos cursos oferecidos em outras regiões ou países.

A Fundação Dom Cabral é uma escola de negócios mineira que tem quase 40 anos de fundação e é a principal escola de negócio da América Latina. A Fundação, que possui campus em Nova Lima, Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, já figurou com a quinta do mundo, segundo a revista norte-americana Financial Times.

Diferencial

De acordo com Fábio Guarnieri, diretor executivo da Outitude Business Solutions (OBS)-representante regional da FDC- o diferencial da escola é que a instituição não oferece apenas um curso, mas um acompanhamento junto à empresa. “A gente ensina a pescar e acompanha vai à pescaria. A gente não faz ‘para’, a gente faz ‘com’. A gente vai acompanhando o desenvolvimento da empresa”, explica Guarnieri.

O acompanhamento se inicia antes mesmo do curso começar. A FDC, antes de tudo, procura conhecer o cliente e seu entorno antes de definir que curso seria adequado para ele. A partir daí, os temas podem ser estudados em diferentes formatos, que vão desde programas curtos e intensivos, até soluções customizadas ou parcerias que estabelecem um relacionamento de médio e longo prazo para estudos mais aprofundados.

Nos programas customizados, a FDC, por meio do processo denominado “escuta comprometida”, ouve as necessidades da empresa e formata uma solução educacional personalizada para o cliente.

“A gente monta uma trilha de desenvolvimento individual para o empresário. A partir daí fazemos uma espécie de coaching de carreira com cada um, vemos os principais desafios para os próximos três, quatro anos, dentro do ramo especifico da empresa e mapeamos quais as competências que vai ser preciso ter para superar aqueles desafios”, finaliza.

Programas gerenciais sob medida

Os programas que a Fundação Dom Cabral oferecem aos executivos de Manaus abrangem diversas áreas como liderança e pessoas, gestão geral, inovação, finanças, gestão sustentável, marketing, internacionalização, desenvolvimento estratégico, projetos, empresas familiares, gestão pública, entre outros. Tudo isso ministrado por professores altamente qualificados. “Hoje a gente tem um volume de quase 50 professores por ano que a gente traz pra cá, então a gente já tem um setor logístico bem pesado”, explica o diretor-executivo da OBS, Fábio Guarnieri.

Os programas, que têm foco na esfera da gestão estratégica, são o “Parceiros por Excelência” (Paex) que consiste na implementação de modelo de gestão empresarial locais de médio porte; Programa para Preparação do Acionista (PPA) em que a família se profissionaliza para o gerenciamento do negócio; e o Programa de Governança Corporativa, que é um programa mais avançado, direcionado para presidentes de empresas, que vai discutir e vai apresentar modelos de de governança corporativa que alcançaram sucesso no Brasil e no mundo.

Publicidade
Publicidade