Publicidade
Cotidiano
ALPINISTAS

Encontrados corpos de alpinistas brasileiros que desapareceram em monte na Argentina

Eles pretendiam escalar o Monte Fitz Roy, no Parque Nacional Los Glaciares, na Patagônia, e estavam desaparecidos desde o último dia 19 de janeiro 28/01/2019 às 11:54
Show escaladores brasileiros desaparecidos na patagonia 8635eee8 dbad 4855 9223 89001fe4dcd4
Foto: Euzivaldo Queiroz
Agência Brasil Brasília (DF)

A prefeitura de Conceição do Mato Dentro (MG) informou, em nota divulgada hoje, que os corpos dos alpinistas brasileiros Fabrício Amaral e Leandro Ianotta foram encontrados, na última sexta (25), no monte La Silla, que antecede a subida do pico Fitz Roy, na Argentina. Os alpinistas, que pretendiam escalar o Monte Fitz Roy, no Parque Nacional Los Glaciares, na Patagônia, estavam desaparecidos desde o último dia 19 de janeiro.

Segundo a nota da prefeitura, a hipótese levantada é que os dois brasileiros foram atingidos por uma tempestade. Em seu perfil na rede social Instagram, Ianotta chegou a relatar que a primeira investida no local foi “incrível”, mas que, em razão do vento forte, eles teriam optado por descer e esperar uma “janela” para continuar a caminhada.

Conhecido como Mr. Bean, Ianotta era guia de escalada na Cachoeira do Tabuleiro, em Conceição do Mato Dentro, desde 2013. "Sua memória sempre será guardada no coração da cachoeira", diz a nota da prefeitura, em homenagem ao alpinista. "Mr. Bean deixa uma saudade imensa e um legado de desbravamento que não será esquecidos pelos amantes da Cachoeira do Tabuleiro".

Na última sexta-feira, a Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada informou que as buscas pelos brasileiros haviam sido encerradas, devido ao mau tempo na região.

Publicidade
Publicidade