Publicidade
Cotidiano
Notícias

Encontro define criação da Rede Sustentabilidade

A reunião reafirmou a necessidade de construção de uma alternativa política que ajude a superar a enorme distância existente entre a sociedade e a política institucional 12/08/2013 às 14:21
Show 1
O encontro aconteceu em Brasília e contou com sessenta e dois dirigentes da #rede (sendo cinquenta e seis presencialmente e seis à distância)
ACRÍTICA.COM ---

No momento em que a sociedade demanda soluções para questões essenciais no país e questiona o modelo político vigente, a criação da Rede Sustentabilidade entra em sua reta final. Foi nesse contexto que a Comissão Nacional Provisória da Rede Sustentabilidade reuniu-se neste fim de semana para avaliar o atual momento político vivido pelo país e para tomar as últimas decisões necessárias para o processo de registro da #rede como partido político no Brasil.

O encontro aconteceu em Brasília e contou com sessenta e dois dirigentes da #Rede (sendo cinquenta e seis presencialmente e seis à distância). A reunião reafirmou a necessidade de construção de uma alternativa política que ajude a superar a enorme distância existente entre a sociedade e a política institucional.

A fim de dar continuidade ao processo de criação da #Rede, o encontro definiu os seguintes passos:

Homologar a composição do diretório nacional da #rede, cuja composição completa encontra-se no site www.brasilemrede.com.br

Referendar a composição dos onze diretórios estaduais que já deram entrada com pedido de registro nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) – Acre, Alagoas, Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Piauí, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocatins - e dos diretórios de Amapá, Bahia, Goiânia, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo, que terão seu processo de entrada do registro homologado nos TREs nas próxima semanas.

Aprovar o calendário de pré-filiação para cidadãos que possuam interesse em se associar à #rede.

O formulário de pré-filiação para interessados estará disponível no site da #Rede a partir do dia 20 de agosto. Na reunião da Comissão Nacional Provisória também foi definido que o processo de filiação de pessoas públicas (como parlamentares e outros detentores de cargos públicos) será analisado pela Executiva Nacional em diálogo com as comissões estaduais. Além disso, decidiu-se que todos os interessados deverão assinar “Carta Compromisso” para efetuar a filiação, reafirmando que seus valores e princípios estão em sintonia com os valores e princípios da #rede. Os filiados também deverão participar de processos de formação para melhor conhecimento do estatuto e programa da #rede.

Durante a reunião, também houve a constituição de um comitê que será responsável por identificar quadros políticos, líderes e ativistas sociais que estejam alinhados com os princípios e valores da #rede, para que essas pessoas possam ser convidadas a se tornar filiados democráticos, que poderão ocupar até 30% das candidaturas independentes previstas no estatuto, ou membros orgânicos do partido.

Os encaminhamentos acima listados possibilitarão, nos próximos dias, a conclusão da última etapa a ser ultrapassada para a criação da Rede Sustentabilidade como partido político: a entrada do registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A #rede coletou, até o momento, 844 mil assinaturas e encaminhou 553 mil fichas para os cartórios eleitorais em todo o pais. Dessas, cerca de 189 mil já foram certificadas. Foram seis meses de trabalho árduo. A #rede reconhece o afinco com que os mobilizadores atuaram em todo o país para, juntos, construirmos uma nova maneira de fazer política no Brasil.

Publicidade
Publicidade