Publicidade
Cotidiano
Notícias

Encontro no TCE-AM reúne países que compõem a Amazônia Legal na sexta-feira

A reunião faz parte do cronograma estabelecimento durante a assinatura do termo de cooperação técnica, em Brasília, firmado este ano entre o TCU e os Tribunais de Contas do Amazonas, Acre, Maranhão, Mato Grosso, Rondônia e Pará  25/06/2013 às 13:20
Show 1
Encontro no TCE-AM reúne países que compõe a Amazônia Legal na sexta-feira
acritica.com* ---

Dando prosseguimento aos trabalhos em torno da fiscaliza ção d as uni dades de conservação da Amazônia, o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) realizam na próxima sexta-feira (28), em Manaus, um encontro com representantes dos órgãos de controle dos oito países que detém a Amazônia e os presidentes dos TCs da região amazônica.

A reunião faz parte do cronograma estabelecimento durante a assinatura do termo de cooperação técnica, em Brasília, firmado este ano entre o TCU e os Tribunais de Contas do Amazonas, Acre, Maranhão, Mato Grosso, Rondônia e Pará . Participam do encontro de sexta representantes da Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Peru, Guiana, Guiana Francesa e Suriname, além da Argentina e Paraguai, como convidados, segundo informou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro..

Na ocasião da assinatura do termo, em março passado, os presidentes dos TCs anunciaram que os trabalhos de fiscalização nas unidades de conservação iniciariam de imediato e que o alcance chegaria, inevitavelmente, aos órgãos de controle dos países vizinhos, o que se confirma com a reunião do dia 28.

O resultado dos trabalhos já executados pelos Tribunais de Contas e a interação com os demais países serão debatidos na reunião, que terá mais de cinco horas de duração. Serão discutidos pelos conselheiros no encontro as estratégias de proteção da biodiversidade, a gestão das unidades de conservação, auditorias coordenadas e os desafios do controle da Região Amazônia.

O trabalho dos Tribunais de Contas se concentra em uma avaliação minuciosa da gestão das unidades de conservação ( UC ), consideradas como uma das principais estratégias internacionalmente reconhecidas para conservação da biodiversidade. Nos trabalhos, os TCs verificam se a política implantada pelos Estados nesses locais estão sendo eficazes ao que se propõem: “a conservação da natureza aliada à melhoria das condições de vida da população que habita essas áreas.

A previsão, após o encontro, é que as fiscalizações coordenadas aconteçam em toda a Amazônia Legal. O Brasil tem hoje 312 unidades federais de conservação e 610 estaduais.

*Com informações com da assessoria de comunicação do TCE. 




Publicidade
Publicidade