Publicidade
Cotidiano
Notícias

Enfermeira espanhola é primeiro caso de contágio de Ebola fora da África Ocidental

Enfermeira, que cuidou de um padre que morreu de ebola em Serra Leoa, teve resultado positivo para a doença nos exames iniciais e que as autoridades estão aguardando os resultados finais 06/10/2014 às 19:22
Show 1
Agentes de saúde usam proteção para Ebola em Monróvia, capital da Libéria, em 30 de setembro de 2014
Reuters MADRI

Uma enfermeira espanhola que no mês passado tratou um padre em Madri que morreu de Ebola teve resultado positivo para a doença, tornando-se o primeiro caso de contágio de Ebola fora da África Ocidental, disse uma fonte da área de saúde da Espanha nesta segunda-feira.

A enfermeira tratou o padre Manuel Garcia Viejo no hospital Carlos III depois que o religioso foi repatriado de Serra Leoa com a doença. Garcia Viejo morreu dias depois, tornando-se o segundo padre espanhol a morrer após ser retirado da África com Ebola.

A fonte disse que a enfermeira teve resultado positivo para Ebola nos exames iniciais e que as autoridades estão aguardando os resultados finais.

Duas fontes diferentes da área de saúde disseram à Reuters que a enfermeira estava sob tratamento no hospital de Alcorcón, nos arredores de Madri, onde foi internada nesta segunda com febre.

O Ministério da Saúde da Espanha vai conceder uma entrevista coletiva às 15h (horário de Brasília) para fornecer mais informações sobre o caso.

Publicidade
Publicidade