Publicidade
Cotidiano
Notícias

Equipamentos são capazes de criar protótipos em 3D com várias funcionalidades comerciais

Em Manaus, o INDT vem desenvolvendo projetos sob encomenda para empresas importantes a partir desses equipamentos 31/01/2016 às 16:16
Show 1
Impressora 3D Stratasys FDM 400 mc já criou moldes para próteses odontológicas até maquetas para arquitetura
Cinthia Guimarães Manaus (AM)

A partir delas é possível criar os mais variados objetos e moldes, sendo ponto de partida para protótipos que geram importantes soluções para o cotidiano. As impressoras 3D podem ser utilizadas em uma infinidade de áreas, como robótica, arquitetura, veterinária, medicina, odontologia, geologia, indústrias automobilísticas, eletroeletrônicas, entre outras.

Inclusive já foram usadas para desenvolver a prótese que substituiu o bico de um tucano, bem como o casco de uma tartaruga, ambos acidentados. Dependendo do modelo, também é possível criar próteses de membros humanos.

Em Manaus, o INDT vem desenvolvendo projetos sob encomenda para empresas importantes a partir desses equipamentos. Os desenvolvedores, que são desenhistas industriais e engenheiros industriais e mecânicos, utilizam materiais como resinas plásticas e metais como titânio para criarem os protótipos.

O Instituto possui, atualmente, dois equipamentos, localizados no laboratório de Hardware and Manufacturing: o Stratasys FDM 400 mc e o Projet 3510 HD Plus.

O INDT foi responsável pela criação de um rastreador de baixo custo para animais selvagens em parceria com a WWF (World Wide Fund for Nature), no protótipo de uma câmera inteligente de contagem de pessoas e em diversos outros projetos internos e também em auxílio a tratamentos odontológicos para próteses, como na impressão de ossos do maxilar para apoio em cirurgias de reconstrução facial, por exemplo.

O cirurgião-dentista Joel Motta Júnior, também professor da Faculdade de Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), comemora o êxito da técnica. “As impressoras 3D podem ser usadas em cirurgia buco-maxilo-facial tanto no planejamento quanto para efeito de visualização da anatomia apresentada. A diferença técnica dos protótipos está no tipo de impressão e na qualidade apresentada”, explicou.

A maioria dos modelos delas é importada, com preços variando de R$ 1 mil a R$ 200 mil, dependendo se a utilidade é doméstica ou em escala comercial. Dentre as principais fabricantes destacam-se a Polaroid, Projet, Stratasys, Zprinter, Cliever e Cube 3.

No início do mês, várias marcas lançaram modelos inovadores de impressoras durante a maior feira de eletroeletrônicos do mundo: a CES 2016, que ocorreu em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Engenharia

Turbinas de aviões, peças automobilísticas e carros já foram projetadas partir da tecnologia de impressão 3D.

Arquitetura

Maquetes de prédios e projetos urbanísticos, pontes e casas pré-moldadas

Medicina

Próteses odontológicas, próteses para membros humanos amputados e até de animais selvagens foram feitos com impressão 3D

Estética

Unhas postiças personalizadas.

Publicidade
Publicidade