Publicidade
Cotidiano
Notícias

Escola estadual acaba com hegemonia do Colégio Militar e é a melhor avaliada em Manaus

A escola estadual de tempo integral Santa Terezinha, localizada na Zona Centro-Sul, foi a melhor avaliada pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica na capital. A escola da Polícia Militar figurou no topo da lista desde o início da aferição, em 2007, mas este ano ficou em segundo lugar 13/09/2014 às 17:26
Show 1
Escola Estadual de Tempo Integral Santa Terezinha, eleita a melhor escola de Manaus segundo o Ideb
ANTÔNIO PAULO Brasília (DF)

A escola estadual de tempo integral Santa Terezinha, localizada no bairro Adrianópolis, na Zona Centro-Sul da capital amazonense, “bateu” o Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM) de Manaus, obtendo a maior nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2013. Conseguiu atingir 7.8, ficando 3.7 pontos acima da meta prevista que era de 4.1.

Essa nota da escola Santa Terezinha é também a maior média entre as 102 escolas da rede estadual de ensino de Manaus, nos primeiros anos (1º ao 5º ano) do ensino fundamental, pesquisadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). O Ideb 2013, anunciado esta semana, revela que a nota do Estado do Amazonas foi 5.1 para esta fase do fundamental, superando a meta projetada que era de 4.4 pontos. O índice nacional foi de 5.2, ultrapassando a meta projetada (4.9).

O colégio da Polícia Militar do Amazonas, campeão do Ideb do 1º ao 5º desde o início da aferição pelo Inep/MEC, em 2007, obteve 7.1 de média em 2013, ultrapassando a projeção para o ano que era 6.4 pontos.

Também foram destaques as escolas estaduais Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro (São Lázaro/zona Sul) e Barão do Rio Branco (Joaquim Nabuco/Centro). Ambas obtiveram nota 6.8, mas a escola Barão do Rio Branco superou em 1.9 sua meta de 2013, que era 5.2. A escola Telles Ribeiro tinha meta de 6.0

No geral, 73 das 102 escolas avaliadas (71,56%) em Manaus, tiveram notas do Ideb acima da meta projetada para o ano de 2013; sete escolas (6,86) se igualaram às projeções e 22 unidades educacionais (21,56%) da rede pública tiveram médias abaixo do previsto: as escolas estaduais Alfredo de Campos, Ernesto Mello Baptista, Amélia Bittencourt Cardinale, Balbina Mestrinho, Cônego Azevedo, Dom João de Souza Lima, Zilda Arns, Elira Pinheiro, Artur Soares Amorim, Leopoldo Neves, Major Silva Coutinho, Marechal Hermes, Maria do Céu Vaz, Prof José Ribamar da Costa, Waldir Garcia, Myrthes Marques Trigueiro, Roberto dos Santos Vieira, Samuel Benchimol, Sebastião Loureiro Filho, Professora Tereza Siqueira Tupinambá, Sebastião Norões e escola estadual Waldemiro Peres Lustoza.

O Ideb é um indicador geral da educação nas redes pública e privada. Foi criado em 2007 e leva em conta dois fatores que interferem na qualidade da educação: rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e médias de desempenho na Prova Brasil em uma escala de 0 a 10.

Ideb do 6º ao 9º ano

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC) também avaliou 125 escolas da rede estadual de ensino de Manaus nas séries finais do ensino fundamental. Embora 48% delas (60 escolas) conseguiram médias acima das metas projetadas e outras 13 unidades (10,4%) atingiram a mesma nota das projeções para 2013, 48 escolas do 6º ao 9º ano (38,4%) ficaram com Ideb abaixo das metas. Outras quatro escolas foram avaliadas, mas estavam sem projeção para o ano de avaliação.

Um caso curioso: a escola estadual de tempo integral Marcantonio Vilaça II, situada na Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, obteve a maior nota entre todas as escolas avaliadas do 6º ao 9º ano, 6.2, mas ficou abaixo da meta projetada para 2013 que era de 6.6. Em 2011, a unidade de modelo militar, obteve a maior nota do Ideb entre as instituições do Amazonas, com média de 6,4 na final do ensino fundamental.

A nota do Estado do Amazonas nos últimos anos do ensino fundamental foi 3.9, com meta para 2013 de 3.5. A média nacional para essa fase final foi de 4.2 (mp 4.4).


As 5 melhores escolas de Manaus (6º ao 9º ano)

Escola                                                     Média/Ideb 2013

1º - Altair Severiano Nunes                              6.0

2º - Prof Djalma Cunha                                    5.9

3º - Colégio Militar de Manaus                          5.9

4º - Prof Waldocke Lyra                                    5.8 

5º - Profa Leonor Santiago Mourão                    5.8                                 


As 5 piores escolas de Manaus (6º ao 9º ano)

Escola                                                Média/Ideb 2013

1º - Diane Pinheiro                                      2.4

2º - Cleomenes do Carmo Chaves                 2.6

3º - Manoel Rodrigues de Souza                   2.8

4º - Sebastião Augusto Loureiro                   2.9

5º - Gov Melo Povoas                                  2.9 


Publicidade
Publicidade