Publicidade
Cotidiano
SUCESSO

Escola pública aposta na ciência para atrair alunos e surpreende em pesquisas

Há três anos, quantidade de pesquisas desenvolvidas por alunos saltou de uma para 19, e meta para 2017 é ampliar para 25. Alunos pretendem criar fanpage para divulgar projetos no âmbito escolar 28/11/2016 às 05:00
Show c1
Interesse dos alunos pela ciência cresceu: este ano foram 19 projetos (Foto: Aguilar Abecassis)
Silane Souza Manaus (AM)

O universo científico ainda desperta pouco interesse nos jovens da educação básica em geral, mas não é isso que se vê na Escola Estadual Cid Cabral da Silva, localizada no conjunto Canaranas, Zona Norte. Há três anos, a quantidade de pesquisas desenvolvidas pelos alunos da unidade saltou de uma para 19 e a meta para o ano que vem é ampliar esse número para 25. Este ano, um dos projetos ficou em 3º lugar na categoria Engenharias para a Sociedade da Feira de Ciência da Amazônia (FCA). O evento fez parte da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Amazonas (SNCT), cujas atividades se encerraram nesta sexta-feira.

O projeto escolar premiado  na FCA foi “A Matemática de Alice no País das Maravilhas”, das estudantes do 3º ano do ensino médio Attaylane Passos, 17, e Taiwany Rodrigues, 17. A pesquisa mostra que a maneira como os assuntos matemáticos são apresentados na obra “Alice no País das Maravilhas”, de forma reflexiva e agradável, favorece a aprendizagem da matemática.

Para as estudantes, o desenvolvimento do projeto proporcionou muitos conhecimentos e a descoberta de que há outras formas inovadoras de aprender matemática e que incentivam o aluno a gostar da disciplina. “A história de Alice no País das Maravilhas relaciona vários enigmas matemáticos e jogos de palavras. Baseado nisso, fizemos um jogo de xadrez com os personagens do livro para ensinar a disciplina de forma lúdica, ou seja, de fácil entendimento para todos”, conta Attaylane.

‘Exploradores’

Outro projeto relevante é o do estudante do 2º ano do ensino médio Madson Michel da Silva, 17. Com o tema “Astronomia no Ensino Médio – Uma Viagem Exploratória”, ele propõe o estudo da Astronomia dentro da realidade escolar, a fim de preparar e motivar os alunos a participarem da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). “É interessante porque a Astronomia é interdisciplinar com outras ciências, como física, química, história, biologia e matemática”, destaca.

Já as as estudantes do 3º ano do ensino médio Brenda Albuquerque, 17, e Pollyana Evelyn da Silva, 17, escolheram ‘explorar’ o fascinante e curioso mundo dos cemitérios, com seus símbolos e mistérios. Para isso, elas se “debruçaram” sobre o cemitério São João Batista, o mais antigo da cidade. “Fazer uma releitura do projeto ‘Arte Cemiterial através da Perspectiva Fotográfica’ nos proporcionou uma experiência incrível, além de muito conhecimento”, disse Pollyana.

Começo de tudo

Dos 19 projetos interdisciplinares, “Relatos da Segunda Guerra Mundial: Uma Análise das obras Diário de Anne Frank e Minha Luta de Adolf Hitler” foi o que deu origem às demais pesquisas.

“Foi nas discussões sobre o contexto da Segunda Guerra Mundial que tudo começou. Com o trabalho, buscamos compreender e passar as duas visões da história: a dos judeus e a de Hitler. Fizemos roda de conversa, debate sobre o assunto como um jeito novo de aprender dentro da sala de aula”, relatou o estudante do 3º ano Matheus Souza, 17.

Nova meta

Os estudantes da Escola Estadual Cid Cabral da Silva estão planejando criar uma fanpage para divulgar os projetos desenvolvidos por eles no âmbito das pesquisas escolares.  Além da divulgação dos resultados, eles pretendem publicar os estudos desenvolvidos para que sirvam de auxílio para outros alunos e professores.

Esta semana, por exemplo, eles estavam focados na 2ª Mostra Científica e Cultural do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), que aconteceu dias 22, 23 e 24. Mais de 80 alunos e ex-alunos participaram diretamente do desenvolvimento dos projetos da Escola Estadual Cid Cabral da Silva para concorrer na mostra deste ano.

Publicidade
Publicidade