Publicidade
Cotidiano
Notícias

Escolas públicas estaduais intensificam preparativos para as provas do Enem

Com oficinas de redação escolas da rede pública estadual da capital e do interior intensificam suas ações preparativas para a avaliação que ocorre em Outubro 26/08/2015 às 16:51
Show 1
Uma destas instituições de ensino é o IEA que nesta quarta-feira (26) promoveu uma oficina de Redação e Língua Portuguesa, direcionada aos 150 estudantes finalistas do ensino médio
acritica.com Manaus (AM)

Para melhor preparar os estudantes para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), escolas da rede pública estadual da capital e do interior estão intensificando suas ações preparativas para a avaliação, que é o principal mecanismo de acesso ao ensino superior no Brasil.

Uma destas instituições de ensino é o Instituto de Educação do Amazonas (IEA) que nesta quarta-feira (26) promoveu uma oficina de Redação e Língua Portuguesa, direcionada aos 150 estudantes finalistas do ensino médio.

As oficinas foram direcionadas a partir de onze possíveis temáticas que possam constar na avaliação do Enem, sendo elas: Crise no sistema hídrico no Brasil; Novas alternativas energéticas para o país; Liberdade de expressão versus discurso de ódio; Racismo e futebol: casos de racismos em partidas futebolísticas; A liderança feminina no século 21; A aprovação da lei que reprime castigos físicos; Marco Civil da Internet; A educação das futuras gerações diante dos desafios do século 21; Como está a democracia após 50 anos de golpe militar; O problema de fazer a justiça com as próprias mãos; e A primavera árabe.

Dividida em dois momentos, a oficina, que é a primeira de três a serem realizadas este ano, contou com a exposição teórica dos professores sobre a estrutura dos textos dissertativo-argumentativos, com base nos critérios avaliados no Enem, além da produção dos textos pelos estudantes.

 De acordo com a coordenadora geral da atividade, professora Tereza Sena, a ação foi projetada para sanar as dificuldades que os alunos tinham na interpretação e produção de textos.

“Essa ação foi pensada como forma de minimizar as dificuldades que os alunos apresentam na produção de textos, o que, na maioria das vezes, se explica pela falta de leitura. Através das oficinas, com temas direcionados, preparamos os jovens para que eles tenham condições de fazer uma boa redação e a partir disso, alcançar uma boa pontuação no Enem”, explicou a professora.

Conforme a gestora da escola, Shirley Souza, a ação visa preparar os estudantes não apenas para o Enem, mas também para o Processo Seletivo Contínuo (PSC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Sistema de Ingresso Seriado (SIS) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

“Ressaltamos que esse trabalho inicia com os alunos desde o primeiro ano do ensino médio, em que são trabalhados conteúdos e metodologias que constam nas provas de vestibular, a fim de prepará-los para essas futuras avaliações. Com essas oficinas, fechamos um ciclo de atividades, trabalhando especificamente com temas da atualidade que podem, inclusive, constar nessas provas”, afirmou a gestora.

Treinamento

Para o aluno do 3º ano do ensino médio, William Marinho, 17, o treinamento que vem sendo realizado pela equipe de professores de Língua Portuguesa da escola, tem o ajudado positivamente a aperfeiçoar suas habilidades na produção textual.

“O trabalho de preparação que os professores têm realizado desde o primeiro ano do Ensino Médio tem contribuído significativamente para nos preparar para as provas do Enem. Acredito que por estarem sendo trabalhados tanto a estrutura dos textos quanto os possíveis temas que podem constar no exame, nós teremos uma vantagem positiva para fazer uma boa redação e alcançar êxito”, comentou o estudante, que pretende concorrer a uma das vagas para Engenharia Civil no Enem.

 Também finalista da escola, Érika Florentino, 18, conta que essa preparação intensiva que a escola realiza faz com que o aluno se familiarize com o que vai encontrar no dia das provas do Enem.

“Com conteúdos direcionados, simulados e oficinas de redação, a escola tem ofertado todo o suporte para que os alunos tenham noção do que irão encontrar no dia da avaliação do Enem e não fiquem assustados, mas possam, com base em tudo que foi trabalhado, fazer uma boa prova e alcançar um resultado positivo”, falou.

Enem 2015

A edição de 2015 do Enem terá 7.746.057 candidatos, segundo balanço divulgado no dia 31/07, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O Instituto ainda não divulgou o número de candidatos por Estado. O número é 11,2% menor que o da edição de 2014 e quebra uma sequência de recordes registrada desde 2008.

Este ano, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio serão realizadas nos dias 24 e 25 de outubro, iniciando às 13h30, pelo horário de Brasília e terão o total de 180 questões, distribuídas em quatro áreas de conhecimento: ciências humanas; ciências da natureza; linguagens, códigos e redação; e matemática.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade