Publicidade
Cotidiano
EDUCAÇÃO

Especialista realiza aula online sobre inclusão de crianças autistas na escola

Segundo a Dra. Dayse Serra educadores precisam estar preparados para lidar com o Transtorno do Espectro Autista 26/06/2017 às 15:01
Show child 865116 1280
Aula gratuita acontece no dia 6 de julho e poderá ser acompanhada via Internet
acritica.com Manaus (AM)

Visando disseminar conhecimento e colaborar com os educadores que atuam com alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA), o projeto NeuroSaber vai realizar no dia 6 de julho uma aula especial sobre os “cinco passos para a inclusão escolar no TEA”. Totalmente online e gratuito, o curso será ministrado pela psicopedagoga Dra. Dayse Serra. Para participar, basta se inscrever aqui.

Segundo a especialista, o Transtorno do Espectro Autista é um assunto complexo e que necessita de uma análise individualizada das especificidades de cada aluno. A professora afirma que algumas características do TEA envolvem dificuldades de socialização, atraso de linguagem, além de comportamentos que dificultam a aprendizagem e a convivência com seus pares. "Essas particularidades tornam a inclusão escolar um desafio. São fatores que prejudicam o autista no desenvolvimento e na evolução nas esferas social e acadêmica", afirma.

No entanto, Dayse Serra reforça que a instituição de ensino deve estar preparada para as mais diversas situações e perfis de crianças com autismo, adaptando o currículo escolar observando as necessidades de cada aluno. “É importante adotar, por exemplo, materiais didáticos que permitam criar vínculo entre a criança, a sala de aula e as propostas de estimulação. Também é essencial que a pessoa com TEA tenha um profissional de apoio, pois uma das maiores dificuldades é condicioná-la a começar e terminar atividades e tarefas com significado e finalidade", argumenta.

A especialista diz também que muitas crianças com TEA possuem alterações nas percepções e podem ter sensibilidade auditiva, tátil, visual, dentre outras. “Por esse motivo, é tão importante identificar fatores que causam estresse, com o objetivo de permitir certo conforto para que a criança continue frequentando a escola sem maiores contratempos”.

Publicidade
Publicidade