Domingo, 15 de Dezembro de 2019
ECONOMIA

Especialistas analisam se vale a pena adiantar pagamento do Imposto de Renda

Antecipação do IRPF facilita a vida do contribuinte com dívidas, mas é uma armadilha com atuais taxas de juros



asdad.JPG Professor Raimundo Costa destaca que é preciso estar bastante atendo às informações prestadas à Receita Federal, que tem um dos mais modernos centro de processamento de dados do mundo
16/04/2017 às 11:00

O professor coordenador do curso de Ciências Contábeis da faculdade Estácio, Raimundo Costa, tira a dúvida dos leitores sobre imposto de renda, na reta final para a entrega da declaração à Receita Federal. Confira!

Vale a pena pedir a antecipação da restituição?



Só vale apena pedir antecipação de Imposto de Renda junto a uma instituição financeira, se for para pagar, dívidas com juros maiores, em caso de emergências, como problema de saúde e perda do emprego, ou troca de uma dívida mais cara por outra mais em conta.

Que riscos o contribuinte corre ao optar pela antecipação?

O risco que o contribuinte corre é de cair na malha fina e de demorar mais tempo para que ele receba, e terá de acertar o pagamento do empréstimo com o banco no final de 2017 ou no começo do ano que vem. E, nesse caso, as instituições financeiras até parcelam a dívida.

Alguns contribuintes preferem deixar para declarar no final do prazo exatamente para demorar mais para receber a restituição com o valor corrigido pela Selic. Isso vale a mesmo a pena?

Essa uma questão relativa, pois depende do interesse pessoa do contribuinte, pois se ele tem necessidade rápida do dinheiro, e hoje devido os problemas econômicos que atravessamos no Brasil, todos precisamos de dinheiro o mais rápido possível, então esse contribuinte de ve entregar sua declaração o mais rápido que puder. Agora se esse contribuinte prefere uma correção maior deve mandar sua declaração nos últimos dias, porém deve ter cuidados pois vivemos dias turbulentos e cheio de incertezas econômicas, e ainda fica a mercê da Receita Federal para liberação dessa Declaração.

O que o contribuinte que optou pela antecipação deve fazer se não receber a restituição até o dia 31 de dezembro?

Procurar a Instituição financeira que fez a antecipação e pagar de uma só vez sua dívida, caso não possa pagar tente parcelar, para não crescer mais a dívida.

O contribuinte tem como saber com antecedência se corre o risco de ficar na malha fina? E, neste caso, que atitude tomar?

Sim. Ao acessar a seção “Pendências” no extrato da declaração, são encontrados detalhes sobre o motivo da retenção, além de orientações sobre os procedimentos que devem ser seguidos para regularizar a situação. Se o contribuinte constatar que não há erro na declaração retida, tem duas opções: aguardar uma intimação do Fisco ou agendar pela internet uma data e local para apresentar os documentos comprobatórios, antecipando a análise de sua declaração pela Receita Federal. também poderá ser feito pelo e-CAC, através de certificado digital u senha pessoal.

Saiba mais

Até às 16h de quinta-feira foram entregues 138.158 declarações no Amazonas. O montante de declarações entregues é de apenas 43,32% das 318 mil esperadas, ou seja, ainda falta mais da metade. O prazo de entrega das declarações do Imposto de Renda se estenderá até o dia 28 de abril. Após o batimento das informações básicas, a Receita informa se a declaração apresenta erros nos dados declarados.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.