Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

Esposa é brutalmente torturada pelo marido por ciúme

O marido alegou em depoimento que o crime foi motivado porque sua esposa estaria grávida de seu irmão, o que foi negado pela vítima.


26/04/2013 às 17:37

Uma dona de casa grávida de três meses foi brutalmente agredida e teve o corpo queimado na frente de seus filhos pelo marido, no último sábado (20), no Distrito de Careiro Castanho – a 88 quilômetros de Manaus. O crime foi denunciado por vizinhos e registrado no 34º Distrito Integrado de Polícia (DIP).O agricultor Romildo dos Santos, 26, foi preso na terça-feira (23) por investigadores da polícia civil.

Romildo agrediu a esposa, Luziara Gomes, 28, com um cabo de vassoura começou a agredi-la em todas as partes do corpo, pegou gasolina, jogou nela, acendeu fogo e a queimou, cortou o cabelo da vítima com um terçado e barbeador, bateu na barriga dela com a vassoura.


De acordo com ela, a motivação da agressão física e da tortura foi porque o marido acredita que o filho que ela está esperando não é dele, e sim de um irmão do agricultor.

“Todos os três filhos que tenho são dele, e esse que estou esperando é dele também. Não sei de onde ele tirou essa história”, disse a dona de casa.

A vítima  sofreu queimaduras no tórax, orelha, pescoço, face e nos seios. Romildo foi autuado na Lei Maria da Penha, além de responder por tentativa de homicídio, tentativa de aborto em terceiros, cárcere privado e lesão corporal.


**Com informações do repórter Thiago Monteiro

***Leia mais na edição de sábado (27) na edição do Jornal A CRÍTICA


publicidade
publicidade
Corpo de mulher com sinais de estupro é encontrado em reserva na Zona Norte
Família de jovem morta pelo marido com 20 facadas pede justiça em manifestação
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.