Publicidade
Cotidiano
Notícias

Esquema desviou R$ 24 milhões em combustíveis do Terminal de Petrobras em Manaus

Nos últimos dois anos, foram desviados mais de 500 mil litros óleo diesel por mês do Terminal de Abastecimento (Temam). Vinte e seis pessoas foram presas 04/11/2015 às 21:31
Show 1
Cada membro da quadrilha tinha sua função dentro da organização criminosa, que era chefiada por Cláudio Saraiva
kelly melo Manaus (AM)

Vinte e seis pessoas acusadas de desviar mais de 500 mil litros óleo diesel por mês, nos últimos dois anos, do Terminal de Abastecimento da Petrobras (Temam), no Distrito Industrial, foram presos na manhã de ontem (4) durante o cumprimento de 32 de mandados de prisões da operação “Cetano”. Em nove meses  de investigação, a polícia descobriu que a organização criminosa causou um prejuízo de pelo menos R$ 24 milhões aos cofres públicos com o desvio do combustível. 

Os principais alvos da operação eram os empresários  Cláudio  Willace Saraiva, 39, e a esposa dele, Keila do Carmo de Souza, presos na casa deles, no Japiim, Zona Sul, onde também funciona uma academia. Cláudio, que é ex-funcionário de uma transportadora que presta serviços para a Teman, foi apontado como o chefe da organização criminosa.

Conforme o coordenador da operação, Divanilson Cavalcanti, o esquema funcionava a partir da saída dos caminhões-tanques da Teman, que deveriam levar o combustível para termoelétricas de Manaus, como as de Mauá e Flores. No caminho, os funcionários envolvidos no esquema desviavam parte da carga e mesmo quando o produto chegava no destino final, os responsáveis por receber o carregamento não atestavam nenhuma irregularidade.

“Esses funcionários  agiam em conluio há pelo menos dois anos. Estimamos que por mês, mais de 500 mil litros de diesel eram desviados das termoelétricas. Como se trata de um volume muito grande de combustível, a despesa estava onerando os gastos de produção de energia e com certeza, isso afetava a conta de luz de cada cidadão”, destacou o coordenador.

Todo o produto furtado era revendido para pontões e outros estabelecimentos a um preço bem abaixo do mercado, dentro de Manaus. “Infelizmente, existem muitas pessoas que compram combustível furtado. Essas pessoas serão identificadas  e  nós vamos continuar investigando,  não só para identificar esses receptadores, mas também outros desvios que estejam acontecendo”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes.

De acordo com ele, a operação foi desencadeada por volta das 6h de ontem, com a participação de 160 policiais civis e militares e da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop).

Produtos apreendidos

Além dos presos,  os policiais também apreenderam mais de 20 veículos  entre carros de passeio, caminhões tanques, um semi-reboque, duas lanchas e quatro motos. Sete armas, sendo dois revólveres de calibre 38, pistolas PT 40 e 7.65mm e espingardas também foram apreendidas.

Ainda de acordo com a polícia, só na  casa do chefe da organização criminosa, Cláudio Saraiva,  uma mala com aproximadamente R$ 130 mil foi localizada. Ao todo, os policiais apreenderam R$ 150 mil com os suspeitos. “Eles ganharam muito dinheiro do dia para noite e conseguimos chegar até eles através de denúncias das próprias empresas e anônimas”, explicou o secretário da Seaop, Orlando Amaral.

Em números: R$ 24 milhões

Foi o rombo provocado pela pelo esquema criminoso que desvia combustível da Teman e de termoelétricas da capital. Por mês, o bando furtava e revendia pelo menos 500 mil litros de óleo diesel.

Presos na operação ‘Cetano’

Cláudio Willace Carlos Saraiva

Keila do Carmo de Souza

Franklin Sarmento da Silva

Laudelino Almeida

Francisco Gomes Bezerra

Erickson Matos da Silva

Cláudio Augusto Vilella Zidirich

Luiz de Jesus Quintela Mendonça

Luiz Menezes de Mendonça

Hellinton Moura Ferreira

Silfarne Castro do Nascimento

Anderson Rosas de Luna

Anderson Pinheiro Guedes

Roberto Gil Lima de Melo

Joni Martins Macedo

Tiago Costa da Silva

Eduardo Augusto Lopes da Rosa

Rosiane Santana Raiol

Márcio de Souza Arruda

João Bosco Alves do Nascimento

Erik Raimundo Matos da Silva

Alesson Freitas Santos

Milton Fernandes dos Reis Neto

Francisco das Chagas Cordeiro

José Jorge dos Santos Souza

Alan Freitas da Costa

Publicidade
Publicidade