Publicidade
Cotidiano
Saúde

Amazonas quer vacinar mais de 1 milhão de pessoas contra a gripe Influenza

A definição do público a ser imunizado partiu do Sistema Único de Saúde (SUS) e leva em conta estudos epidemiológicos que demonstram maior vulnerabilidade da região 26/03/2017 às 05:00
Show influenza
O número de doses da vacina vem proporcional à quantidade especificada pelo Ministério da Saúde, acrescido de mais 10%, o que é chamado pela coordenadora do programa nacional de “estoque estratégico”
Paulo André Nunes Manaus (AM)

A meta neste ano é vacinar exatas 1.015.100 pessoas contra a gripe Influenza no Estado do Amazonas, segundo dados fornecidos pelo Ministério da Saúde (MS). A definição do público a ser imunizado partiu do Sistema Único de Saúde (SUS) e leva em conta estudos epidemiológicos que demonstram maior vulnerabilidade.

A vacina será oferecida nas unidades de saúde dos municípios com a seguinte distribuição: para crianças de 6 meses a menos de 2 anos (121.696 doses), de 2 a 4 anos (228.553), trabalhadores em saúde (78.686), gestantes (60.847), puérperas (mulheres que pariram recentemente) (10.002), indígenas (163.367), idosos (216.699), pacientes com comorbidade (doenças crônicas)(80.522), professores (51.385), privados de liberdade, adolescentes e jovens sob medidas sócioeducativas (2.907) e funcionários do sistema prisional (439 pessoas).

Do universo de 1.015.100 doses destinadas para todo o Estado, cerca da metade é para vacinação em Manaus, informa Izabel Nascimento, coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI) da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

O número de doses da vacina vem proporcional à quantidade especificada pelo Ministério da Saúde, acrescido de mais 10%, o que é chamado pela coordenadora do programa nacional de “estoque estratégico”.

“A meta de vacinação aumentou em relação ao ano passado, ficou bem maior, porque cresceu a população e foram agregados os professores, que não estavam inseridos nas campanhas anteriores por parte do Ministério da Saúde. “Ano passado alcançamos mais de 80% da meta de um universo total de 900.000 mil pessoas ) da meta, e agora aumentou para 90%. Nossa expectativa é alcançar os benditos 90% do público e evitar que a população venha a adoecer”, explica a experiente coordenadora.

Ano passado, foram registrados um total de sete óbitos em todo o Amazonas por Influenza H1N1, segundo informa a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Até o momento, de acordo com o relatório sobre casos de síndrome gripal divulgado pelo órgão, não hpa registros de casos da H1N1 no Estado, e tampouco mortes.

“Não há epidemia de unfluenza, que é uma gripe mais acentuada, no Amazonas”, ressalta Izabel Nascimento.

No Amazonas a campanha contra a gripe Influenza será realizada de 10 de abril a 19 de maio, com o primeiro dia sendo dedicado para a vacinação dos profissionais de saúde que vão atuar junto ao público, e em 17 de abril começa a vacinação propriamente dita.

Publicidade
Publicidade