Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
ATENTADO TERRORISTA

Estado Islâmico reivindica autoria de ataque terrorista em Manchester

Segundo o Estado Islâmico, a Manchester Arena, local que hospedou o show de Ariana Grande, é um lugar 'despudorado'



d_fknsdfsd.JPG
23/05/2017 às 09:02

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque terrorista em Manchester, na saída do show da cantora Ariana Grande na Manchester Arena.

O grupo fez uma declaração online no Telegram, afirmando que "um soldado do califado" plantou um dispositivo explosivo improvisado no local para "aterrorizar os politeístas", em vingança pela "agressão aos países muçulmanos". Segundo o Estado Islâmico, a Manchester Arena, local que hospedou o show de Ariana Grande, é um lugar "despudorado".


A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, confirmou que 22 pessoas morreram e 59 ficaram feridas após o ato terrorista. Segundo a polícia britânica, um homem de 23 anos foi detido no sul de Manchester por conexão com o ataque.

Também em Manchester, por volta de meio-dia (horário local), houve pânico enquanto a polícia evacuava o centro comercial de Arndale. Uma prisão foi feita, mas, segundo a política, o incidente não está relacionado com o ato terrorista no show de Ariana Grande. Posteriormente, o shopping foi reaberto.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.