Publicidade
Cotidiano
Notícias

Estudantes de Manaus fazem 'enterro' de Arthur Neto na CMM

Estudantes ligados da UNE e da UJS fazem protesto contra o prefeito de Manaus na CMM. Os oito líderes foram recebidos pelo presidente da casa, Bosco Saraiva, que recebeu uma carta com sugestões ao prefeito. 01/04/2013 às 22:59
Show 1
Estudantes ligados a UJS e UNE fazem protesto contra o aumento da passagem de ônibus
acritica.com Manaus (AM)

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Bosco Saraiva (PSDB), recebeu no final da tarde desta segunda-feira, 1º de abril, um grupo de oito líderes estudantis ligados à União da Juventude Socialista (UJS) e à União Nacional dos Estudantes (UNE) e ouviu as sugestões dos alunos com o objetivo de propor melhorias para o sistema de transporte coletivo.

O parlamentar afirmou que vai encaminhar os pleitos dos estudantes à Prefeitura de Manaus.

Entre as sugestões feitas pelos estudantes estão o retorno do pagamento da meia-passagem na catraca, a concessão dos 120 passes estudantis por mês, o pagamento da meia-entrada em eventos culturais e o passe-livre para os estudantes beneficiados pelo Bolsa Universidade e Prouni.


O presidente da União da Juventude Socialista (UJS), Yan Evanovick, assegurou que não há qualquer intenção do movimento estudantil em desestabilizar o prefeito Arthur Neto e que os estudantes reivindicam somente o direito de discutir com democracia a questão do transporte coletivo e os impactos para os estudantes.

“A nossa postura será sempre de respeito com a Prefeitura de Manaus. Não interessa pra gente desestabilizar o prefeito, mas é preciso que ele não exagere na dose. É muito bom saber que nessa gestão encontramos aqui na Câmara um espaço democrático”, disse Yan.

Audiência

Durante o protesto, o titular da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, explicava aos vereadores em audiência pública, sobre o custo do aumento na tarifa de ônibus da cidade, e como estavam os valores na planilha em que foi feito o cálculo.

Para ele, o transporte coletivo urbano só terá um preço mais baixo, quando forem feitos investimentos na infraestrutura da cidade para que os coletivos circulem com maior fluidez.

Renovação da frota

Pela manhã, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, concedeu uma coletiva para anunciar que a frota do transporte coletivo da cidade será renovada. Mas, ao contrário da últimva vez, a renovação será gradual, para que não haja o envelhecimento total dos ônibus.

“Na administração passada, eles quiseram renovar a frota toda de uma vez e com isso a passagem teve que ser reajustada em 25%, passando a custar R$ 2,75. Depois, a frota também vai envelhecer toda de uma vez", disse o prefeito.

Publicidade
Publicidade