Domingo, 19 de Maio de 2019
Notícias

EUA querem ampliar parceria com Rússia para a paz na Síria

A informação foi confirmada por John Kerry, chefe do Departamento de Estado dos EUA, que ressaltou que as ações estão sendo estudadas para a instauração da paz no país 



1.jpg
Durante entrevista pela TV MIR, Kerry disse que “é claro que nós planejamos coordenar as nossas ações com a Rússia, mas não queremos limitar-nos por isso"
02/11/2015 às 11:28

O chefe do Departamento de Estado dos EUA, John Kerry, afirmou nesta segunda-feira (2) que ao enviar militares para a Síria, as autoridades dos EUA planejam coordenar as suas ações com a Federação da Rússia.

Durante entrevista pela TV MIR, Kerry disse que “é claro que nós planejamos coordenar as nossas ações com a Rússia, mas não queremos limitar-nos por isso. Nós gostaríamos de algo mais, mas isso depende da Rússia, das decisões que esse país toma no que toca ao aspecto político da instauração da paz”.

Comentando a situação atual entre os dois países, o secretário de Estado destacou “uma reunião muito produtiva que aconteceu recentemente em Viena”.

“O ministro das Relações Exteriores da Federação da Rússia, Sergei Lavrov, co-presidiu a sessão. E tanto a Rússia, como os EUA puderam dar um passo rumo à solução pacífica da instauração da paz. Certo, nós queremos cooperar, e não confrontar, mas isso depende da escolha que a Rússia irá fazer”, disse.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.