Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
TRANSPORTE POR APP

Evento da Uber em SP destaca soluções de segurança para motoristas e usuários

Gigante do transporte por aplicativo deve investir mais de R$ 250 milhões em cinco anos para desenvolver e aplicar novas ferramentas que garantam maior segurança para motoristas e passageiros que utilizam o app



b7dac9de-38f3-47cc-9449-4232a631fa31_E638DF55-8D8E-4406-8FB6-BEC99EB1EA08.jpg Foto: Pedro Sousa/A Crítica
06/11/2019 às 16:26

Um dos principais motivos de preocupação para motoristas e passageiros que utilizam transporte por aplicativo, a segurança foi foco da Uber, gigante do ramo, durante o "Uber Destino 2019". Realizado na manhã desta quarta-feira (6), no Espaço Arca, em São Paulo, o evento destacou o investimento de mais de R$ 250 milhões em cinco anos no setor da empresa voltado para segurança.

Formuladas pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico da empresa, recentemente instalado em São Paulo, as novas ferramentas de segurança da plataforma focam na disponibilização de opções antes, durante e depois das "corridas", como checagens de rota em tempo real e até mesmo validação de identificação dos usuários junto ao banco de dados da Serasa.



"Nós da Uber temos o compromisso de tornar a plataforma a mais segura possível tanto para os passageiros, quanto para os nosso motoristas parceiros. O objetivo é incrementar a segurança de forma escalável de uma maneira nunca feita antes, por meio de tecnologia", pontuou Marcello Azambuja, diretor do Tech Center da Uber em Sao Paulo.

"O Tech Center da Uber no Brasil é o primeiro do gênero na América Latina, além de ser o primeiro do mundo focado em soluções para segurança", complementou o diretor, que destacou que as soluções em segurança também abrangem o Uber Eats, plataforma de entrega de refeições.

Prevenção

Conforme o diretor global de produtos de segurança da empresa, Sachin Kansal, as ferramentas de segurança do aplicativo da Uber não são apenas para momentos de emergência. Segundo ele, várias das soluções que conferem segurança para os usuários não existiam antes da Uber.

"Segurança não é apenas sobre emergência, mas também sobre prevenção. Coisas como os números do passageiro e do motorista não serem revelados, a não revelação de um destino exato dos passageiros e a possibilidade de tanto o passageiro, quanto o motorista compartilharem as informações dos seus trajetos para contatos conhecidos conferem privacidade e confiança para os nossos usuários", destacou.

Outro destaque é a possibilidade de ligar para a polícia caso algo de errado tenha acontecido, como um acidente ou outras emergências. Conforme a empresa, em breve, quando o "botão do Pânico" for acionado pelos usuários, uma "print" da tela do celular será feita e enviada imediatamente para a centra de polícia, com informações exatas de localização do veículo, informações dos passageiros e do motorista, além da rota traçada.

Segurança para mulheres

Em apresentação feita pela presidente da Uber no Brasil, Claudia Woods, dados sobre violência contra mulheres no país exibiram que mais de 97% das mulheres já sofreram algum tipo de assédio em transporte público. Para contornar o problema, a empresa criou o "U-Elas".

"O grande diferencial é que a ferramenta permite que mulheres motoristas parceiras da plataforma tenham a opção de receber somente chamadas de passageiras mulheres. Essa e outras ferramentas são um grande diferencial para atrair as mulheres para trabalhar com a Uber, visto que hoje apenas 6% dos nossos motoristas são mulheres" disse.

Segundo Claudia Woods, algumas novidades como a análise mais aprofundada da identificação dos usuários já estão em atividade no Brasil e outras estão em fase de implementação, devendo ser aplicadas no país já nos próximos meses.

News pedro01 9f97d6e2 e058 4e63 8ce7 e934cf255a3d
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.