Publicidade
Cotidiano
Notícias

Evento Internacional: ‘Marcha para Jesus’ interdita ruas de Manaus neste sábado (01)

Igrejas evangélicas esperam reunir 700 mil pessoas durante caminhada; PM e Manaustrans vão organizar o trajeto 01/06/2013 às 11:55
Show 1
Evento realizado no ano passado reuniu 400 mil pessoas durante todo o trajeto, que terminou com show no Sambódromo
acritica.com ---

A 20ª edição da "Marcha para Jesus" deve reunir, neste sábado (01), 700 mil pessoas para participar do evento, que tem início programado para as 14h. Ano passado, aproximadamente 400 mil pessoas participaram do movimento que este ano traz o tema “Família um projeto de Deus”.

O evento, que é organizado em várias cidades do mundo, por diversas denominações evangélicas, teve início na Europa. No Brasil, foi promovido pela primeira vez na década de 1990.  “Esperamos superar a expectativa de público como todos os anos. Anualmente, o evento vem se surpreendendo com uma média de aumento de cem mil pessoas”, disse o organizador do evento Valdiberto Rocha, que é presidente da Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (Omeam).

Segundo Rocha, a Marcha pra Jesus é um momento de confraternização entre todas as igrejas evangélicas. Segundo o Pastor da Igreja Aliança, André Ferreira, que há oito anos participa do evento, a Marcha pra Jesus é o momento onde o povo de Deus “decreta as benção sobre a cidade de Manaus”. “Espero que em 2013 o evento venha surpreender a todos em organização e número de pessoas”, disse.

Trios elétricos e carros devem seguir o percurso até o Sambódromo, na Zona Centro-Oeste. Em seguida, haverá shows e louvores. O público que participar do evento poderá assistir os shows da banda internacional Saluki e a atração nacional Cléber Lucas, além das bandas locais que prometem fazer a festa dos fieis até às 23h. Para garantir a segurança dos participantes, a Polícia Militar vai enviar 250 homens que estarão distribuídos durante o trajeto da marcha.

Trânsito

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) também mobilizou o efetivo que deverá contar com 150 agentes para fazer o controle do trânsito.

A rua Japurá, no trecho entre as ruas Ferreira Pena e Joaquim Nabuco, será interditada a partir das 6h. O local será ponto de concentração dos fiéis que vão participar do evento e também servirá para o estacionamento de três trios elétricos de grande porte que vão se deslocar no sentido av. Joaquim Nabuco - rua Silva Ramos.

A Djalma Batista ficará interditada no sentido Centro/Bairro da av. Álvaro Maia até o cruzamento com a av. Pedro Teixeira. Os ônibus que trafegam na Djalma Batista terão os trajetos desviados para a av. Constantino Nery. O tráfego na av. Ayrão, para acessar a Djalma Batista, será liberado, após a passagem da marcha. Também será montado o desvio na Silva Ramos, próximo à Casa do Eletricista, para a Ayrão e Santos Dumont.

Publicidade
Publicidade