Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Notícias

Ex-detento é procurado como suspeito de estupro e roubo em Manaus

Os crimes ocorreram na última quinta-feira (1º), três dias depois de Jhonson Souza de Araújo Junior ter sido liberado do Instituto Prisional Antônio Trindade (Ipat), onde cumpria pena por roubo



1.jpg Suspeito é considerado de alta periculosidade e responde a três processos criminais por envolvimento em roubo no Tribunal de Justiça do Amazonas
07/08/2013 às 21:34

Jhonson Souza de Araújo Junior está sendo procurado pelos policiais civis do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP) como suspeito de ter estuprado uma mulher e ter participado, na companhia de outro homem, de um assalto ao apartamento da mesma vítima, localizado no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus. Os crimes ocorreram na última quinta-feira (1º), três dias depois de Jhonson ter sido liberado do Instituto Prisional Antônio Trindade (Ipat), onde cumpria pena por roubo.

Segundo a vítima do estupro e do assalto, por volta das 7h da última quinta-feira, Jhonson e Gleison Borges Perdigão - parceiro dele que já foi preso - invadiram a residência da vítima e a ameaçaram com uma faca de uso doméstico. Jhonson teria então passado a estuprar a mulher enquanto Gleison ficou do lado de fora do imóvel dando cobertura. Ainda conforme a vítima, a dupla conseguiu roubar R$ 700 em dinheiro, um tablet e um telefone celular.

Gleison foi preso pelos policiais do 3º DIP logo após o crime. Ele confirmou participação no caso, mas disse que apenas guardou os materiais roubados e não sabia que o comparsa havia estuprado a moça. Gleison também afirmou que ele e Jhonson conseguiram se esconder da polícia em um igarapé conhecido como “Geladinho”, que fica localizado no terreno da Universidade Federal do Amazonas, também na Zona Sul de Manaus.

O delegado titular do 3º DIP, Abrahão Serruya, informou que o suspeito é considerado de alta periculosidade e já respondia a três processos criminais por envolvimento em roubo no Tribunal de Justiça do Amazonas. Quem tiver informações sobre o caso pode entrar em contato com os servidores do 3º DIP pelo número (92) 3664-4675. Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a identidade dos informantes ficará sob sigilo.

*Com informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.