Publicidade
Cotidiano
MUDANÇA

Ex-prefeito de Boca do Acre é nomeado secretário extraordinário de José Melo

Decreto foi publicado no dia 14 de março. Com a nomeação, seis pessoas ocupam o cargo de confiança dentro do Governo. Nos últimos dois anos, pelo menos duas trocas foram realizadas pelo governador 16/03/2017 às 11:48 - Atualizado em 16/03/2017 às 12:19
Show antonio iran
Antônio Iran é ex-prefeito de Boca do Acre e ex-presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM) (Foto: Arquivo/AC)
acrítica.com Manaus (AM)

O governador José Melo (Pros) nomeou como o mais novo secretário extraordinário o ex-prefeito de Boca do Acre e ex-presidente da Associação Amazonense de Município (AAM), Antônio Iran de Souza Lima. A função é tida como um cargo de confiança dentro do Governo.

O decreto foi publicado no Diário Oficial no dia 14 de março. Atualmente, cinco secretários também têm o cargo dentro do governo: Ana Paula Machado de Aguiar, Mário Jumbo Miranda Aufiero, Fernando Figueiredo Prestes, Auxiliadora Abrantes Pinto e João Coelho Braga.

Em 2015, Iran foi denunciado pelo Ministério Público Federal por usar servidor público municipal remunerado com recursos do Fundo Nacional de Educação Básica (Fundeb) para realizar serviços domésticos em sua residência.

Mudanças

Os cargos de secretário extraordinário passam por mudanças constantes nos últimos anos. A ex-secretária extraordinária Michele Garcia, esposa do deputado estadual Bi Garcia, foi exonerada em maio de 2015. Ela ficou conhecida após postar fotos de uma viagem a uma praia paradisíaca na Jamaica em uma semana normal de trabalho. No lugar dela entrou Ana Paula Machado, da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (Aades).

Ainda em 2015, o promotor Francisco Cruz pediu exoneração do cargo. Na ocasião, a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) disse que ele havia alegado motivos pessoais para a saída do cargo. Na época, o delegado Mário Aufiero foi nomeado para o cargo.

O mesmo motivo foi usado pelo irmão de José Melo, Evandro Melo, ex-secretário da Secretaria de Estado de Administração (Sead), que deixou o cargo  em dezembro do ano passado.

Publicidade
Publicidade