Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
Notícias

Ex-prefeito de Rio Preto da Eva (AM) é preso em Manaus

Ele é acusado de participação na trama de assassinato que mataria figuras da política e do judiciário do Município, incluindo o atual prefeito, Luiz Carlos Chagas.



1.jpg Anderson de Souza (PTB) teria motivações políticas para planejar o assassinato do atual prefeito de Rio Preto da Eva, interior do Amazonas
04/03/2013 às 18:29

Após prestar depoimento na sede da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), localizada no bairro Flores, na Zona Centro-Sul de Manaus, o ex-prefeito do município de Rio Preto da Eva, Anderson de Souza (PTB), foi preso em cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Cássio Borges.

Anderson é suspeito de ter envolvimento em uma trama que pretendia assassinar o atual prefeito daquele município, Luiz Ricardo Chagas; o vice Ernane Santiago, e o ouvidor do município, Erick Franco de Sá.



No último dia 16 de fevereiro, em uma operação da Polícia Civil, foram presos: o bacharel em Direito Bolívar de Almeida Maués, o filho dele, Bruno Leandro Campos Maués, Marcos Antônio Lima, Maikon da Silva e Raimundo Raniere da Silva. Bolivar é irmão e Bruno é sobrinho do  deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB).

De acordo com fontes da SSP, Anderson seria transferido ainda na tarde desta segunda-feira, para a Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), na Zona Leste de Manaus.


Mais de Acritica.com

13 Ago
photo5021655280240404616_D8EDB6D7-2DF4-4B5D-9A8C-51BA570BBC05.jpg

'Parceiros Brilhantes' promove jantar beneficente em Manaus

13/08/2020 às 18:57

O “Parceiros Brilhantes” ganhou notoriedade recentemente ao ajudar a ex-moradora de rua Maria Solange (mais conhecida como Marina Silva de Manaus) a conseguir em uma clínica de reabilitação em São Paulo para se livrar da dependência química


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.