Publicidade
Cotidiano
Notícias

Ex-primeira dama do AM, Sandra Braga foi empossada senadora

Além de Sandra, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deu posse a outros três suplentes de senadores nesta quinta-feira (1º) 01/01/2015 às 21:55
Show 1
Sandra Braga entrou no lugar do marido, Eduardo Braga (PMDB-AM), que vai para o Ministério de Minas e Energia
ACRITICA.COM* ---

A ex-primeira-dama do Amazonas e empresária Sandra Braga (PMDB) tomou posse de vaga no Senado Federal, ontem à noite, em substituição ao marido, Eduardo Braga (PMDB), que deixou a função para assumir o posto de ministro de Minas e Energia. Sandra é a 1ª suplente da vaga.

Além de Sandra Braga, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deu posse a outros três suplentes de senadores na noite quinta-feira (1º). Ela assumiu juntamente Hélio José (PSD-DF), Regina Sousa (PT-PI) e José Antônio Medeiros (PPS-MT) ocuparão cadeiras na Casa a partir deste ano.

Todos assumiram os mandatos de titulares que deixam a Casa para ocupar novos cargos. Sandra Braga entra no lugar do marido, Eduardo Braga (PMDB-AM), que vai para o Ministério de Minas e Energia. Os demais substituem governadores recém-empossados: Hélio José no lugar de Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Regina Sousa no lugar de Wellington Dias (PT-PI) e José Antônio Medeiros no lugar de Pedro Taques (PDT-MT).

Perfis

Sandra Backsmann Braga tem 55 anos, é empresária e tem três filhas. Entre 2003 e 2010 ela foi primeira-dama do Amazonas. É de uma família de origem alemã, que se refugiou no Brasil durante a 2ª Guerra Mundial. Declarou bens de R$ 112 mil nas eleições de 2010, quando compôs a chapa vencedora para o Senado.

Hélio José da Silva Lima tem 54 anos, é casado e natural de Corumbá de Goiás (GO). É servidor público federal, com passagem pela Companhia Energética de Brasília (CEB). Chegou a concorrer a deputado distrital nas eleições de 2014, quando declarou bens no valor de R$ 699 mil – não fez campanha e obteve apenas seis votos. Engrossará a bancada do PSD, sendo o quarto senador do partido.

Maria Regina Sousa, de 64 anos, é presidente do PT no Piauí e foi secretária de Administração do estado nos governos de Wellington Dias. Natural de União (PI), ela é formada em Letras pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e funcionária do Banco do Brasil. Construiu história na militância sindical: presidiu o Sindicato dos Bancários e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Piauí.

José Antônio Medeiros, de 44 anos, é natural de Caicó (RN) mas tem base política na cidade matogrossense de Rondonópolis. É policial rodoviário federal e, nas eleições de 2010, assumiu a primeira suplência da chapa vencedora após a desistência do deputado estadual Zeca Viana (PDT-MT), que a ocuparia originalmente. Será o único senador do PPS.

*com informações da Agência Senado

Publicidade
Publicidade