Publicidade
Cotidiano
Notícias

Exportações amazonenses caem 10,8% em 2014

A queda foi puxada principalmente pelas crises econômicas de países sul-americanos como Argentina e Venezuela que fecharam um volume menor de negócios com o Amazonas durante o ano 08/01/2015 às 19:24
Show 1
Os concentrados de bebidas e as motocicletas foram os itens que sofreram as maiores quedas na exportação
Juliana Geraldo Manaus (AM)

As exportações do Amazonas sentiram o impacto das crises econômicas de países sul-americanos como Argentina e Venezuela.

O resultado foi um volume de US$ 943,48 milhões em produtos vendidos para o exterior em 2014, uma queda de 10,81% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Os dados são do banco de dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Um dos principais recuos partiu da Argentina que em 2014 comprou do Amazonas o equivalente a US$ 248,49 milhões, 12,37% a menos frente ao ano anterior.

Apenas com as motocicletas de baixa cilindrada (principal item importado pelo país hermano), a queda foi de 11,47%, o que representa 7.584 unidades a menos compradas em 2014.

Já a Venezuela, que é a principal cliente do Amazonas na venda de concentrados para bebidas registrou um recuo de 3,80% em seu volume de compras anual.

A Colômbia, por sua vez, experimentou uma retração mais expressiva (34,61%) com US$ 66,53 milhões em volume de compras, contra os US$ 101,75 milhões registrados em 2013. O país também importa uma quantidade representativa de concentrados para bebidas do Amazonas e está em terceiro lugar entre os principais clientes do Polo Industrial de Manaus (PIM).



Publicidade
Publicidade