Segunda-feira, 15 de Julho de 2019
HUMANIDADE

Expulso de casa por ser gay, jovem americano ganha bolsa integral em universidade

Pais não aceitaram orientação sexual. A partir daí, sem casa ou dinheiro, uma professora lançou "vaquinha" online para arrecadar fundos e garantir vida do jovem que mora na Flórida



36.jpg
06/08/2018 às 16:35

Um jovem de 18 anos e morador da Flórida (EUA), que foi expulso de casa por seus pais por ser homossexual, foi aceito pela famosa Universidade de Georgetown e também ganhou uma bolsa de estudos integral. 

Segundo Seth Owen, que vive em Jacksonville, seus pais o expulsaram de casa em fevereiro sob o argumento de não concordarem com sua orientação sexual. Eles só o aceitariam de volta se assistisse aos ofícios de uma igreja Batista que frequentam.

"Eu estava implorando para eles. Eu dizia: "Eu não estou pronto para viver sozinho, por conta própria". Ao me deixarem sair por aquela porta, eles disseram: "Nós não nos importamos onde você irá ficar. Não nos importanmos se você ficará a salvo".

Owen solicitou uma ajuda econômica para estudar na Universidade de Georgetown, uma instituição católica situada em Washington, que, a princípio, foi negada.

Tudo mudou quando a universidade conheceu a situação pessoal do rapaz e decidiu beneficiá-lo com seu programa de bolsas de estudos, informou a emissora "Local 10 News".

Antes que a Georgetown saísse em sua ajuda, um dos professores de Biologia no ensino médio de Seth Owen abriu uma conta no portal GoFundMe para ajudá-lo a custear seus estudos universitários.

Até agora foram arrecadados cerca de US$ 140 mil, quando a meta era conseguir os US$ 20 mil necessários para cobrir as despesas de matrícula e do primeiro ano de estudos.

A universidade de Georgetown, dirigida por jesuítas, informou ao rapaz que espera que, com esse montante arrecadado, crie bolsas de estudos para estudantes da comunidade LGBTQ que podem estar passando por circunstâncias similares à sua.

O professor de Biologia de ensino médio de Owen destacou a coragem do jovem, que, apesar do drama que vive, "manteve a cabeça em pé e continuou trabalhando em tempo integral até concluir seus estudos de ensino médio como o melhor de sua classe.". 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.