Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Notícias

Fábricas de automóveis previstas para serem instaladas nos próximos dois anos no Brasil

Entre as novas unidades previstas para serem instaladas nos Brasil, estão a BMW, Chery e JAC



1.jpg O primeiro modelo a sair da linha de montagem da Mercedes-Benz será o utilitário GLA, o que ocorrerá em 2015. Além do GLA, também será feito na fábrica paulista o sedã CLA
05/10/2013 às 10:43

Ao menos nove montadoras têm a intenção de fabricar carros no Brasil. Entre as novas unidades previstas para serem instaladas nos próximos anos, estão a BMW, Chery e JAC. Duas delas inclusive, já estão operando e abriram essa nova onda de investimentos, a da Toyota, em Sorocaba, e a da Hyundai, em Piracicaba.

Embora o estado de São Paulo ainda concentre grande parte dessas fábricas, já há sinas de descentralização. A BMW, por exemplo, escolheu a pequena Araquari, no norte de Santa Catarina, para sediar sua primeira unidade na América do Sul. Já a Fiat optou por construir um grande centro produtor de veículos em Goiana, outro município até então desconhecido, nas proximidades de Recife, em Pernambuco.

Outras regiões do País estão aproveitando para reforçar o parque industrial voltado a produzir veículos. É o caso da cidade de Resende, no Rio de Janeiro. A cidade terá a primeira fábrica exclusiva da Nissan no Brasil a partir de 2014 – na vizinha Porto Real opera a unidade conjunta da Peugeot e Citroën. No Nordeste, a cidade de Camaçari ganhará no final do ano que vem uma planta da chinesa JAC, que produzirá seus primeiros compactos nacionais nela, além de utilitários leves.

Já a rival da JAC, a Chery preferiu ser conservadora e optou por Jacareí, no Vale do Paraíba, para construir sua unidade fabril. A vantagem de se instalar em São Paulo é a logística favorável, os numerosos fornecedores sem falar no maior mercado consumidor. Não é à toa que a Honda tenha decidido erguer sua segunda fábrica de automóveis em Itirapina, cidade a apenas 100 km da sua atual fábrica, em Sumaré.

Investimento

A onda de novas fábricas não deverá parar por aí. A Mercedes-Benz analisa neste momento vários locais para construir uma fábrica de automóveis no País. A Volkswagen e a Audi devem anunciar em breve a retomada da produção do Golf e do A3 em território nacional e a General Motors deve investir mais de R$ 2 bilhões numa linha de montagem de um compacto na sua fábrica de São José dos Campos. E há mais marcas de olho no Brasil como a Kia, Geely e Land Rover. ProjeçõesDiante desse cenário, Associação das Montadoras (Anfavea) revisou, no último mês, suas projeções e passou a prever um crescimento de 1% a 2% nas vendas de 2013. Analistas não descartam, porém, a hipótese de que o ano encerre no vermelho, o que seria o primeiro resultado negativo desde 2003. As montadoras contam com uma possível antecipação de compras nos dois últimos meses para salvar o ano, como observado em períodos anteriores ao fim da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). O benefício se encerra por completo em janeiro.



Instalações de fábricas

Em outubro do ano passado, a BMW também anunciou sua primeira montadora no País, que deverá começar a produzir ainda este ano, e a Land Rover que deverá ser a próxima, informou o ministro da, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel. De janeiro a setembro foram produzidos 2,841 milhões de veículos no Brasil, segundo a Associação das Montadoras (Anfavea).

Mercedes-Benz com seu GLA

A nova fábrica Mercedes-Benz no Brasil está prevista para ser instalada em São Paulo. Será a segunda planta da Mercedes-Benz a produzir automóveis no País. Até 2005, a montadora fabricava a primeira geração do Classe A em Juiz de Fora em Minas Gerais, que foi adaptada para a produção de caminhões.

O primeiro modelo a sair da linha de montagem será o utilitário GLA, o que ocorrerá em 2015, quando a planta ficará pronta - data que foi anunciada pelo presidente da Mercedes-Benz do Brasil e América Latina, Philipp Schiemer, em meados do mês. Além do GLA, também será feito na fábrica paulista o sedã CLA. A Mercedes-Benz estuda ainda a nacionalização de seu modelo mais vendido no País, o Classe C, que em breve mudará de geração.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.