Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
JUSTIÇA ELEITORAL

Fabrício Marques toma posse como juiz substituto do TRE-AM

Fabrício entra na vaga da classe dos advogados e era o segundo colocado na lista tríplice formada pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM)



WhatsApp_Image_2020-03-12_at_15.44.51_EA502B0C-304F-4586-8FDB-6497E013DB70.jpeg Foto: Divulgação/TRE-AM
12/03/2020 às 16:15

O advogado Fabrício Frota Marques tomou posse nesta quinta-feira (12) como juiz substituto, da classe dos advogados, do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). A nomeação do novo membro da corte eleitoral estadual, pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), foi publicada no Diário Oficial da União do dia 13 de fevereiro.

A vaga foi aberta em decorrência do término do biênio do jurista Bartolomeu Ferreira de Azevedo Júnior. Fabrício foi o segundo colocado na lista tríplice formada pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). A primeira colocada foi a advogada Adriana Mendonça, ex-vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB-AM), que recebeu 19 votos, e em terceiro lugar, o advogado Francisco Maciel, que obteve 12 votos.



Fabrício iniciou a carreira da advocacia em 2007, já atuou como professor universitário e também como assessor jurídico do pleno do TRE-AM entre os anos de 2015 e 2017. Fabrício é filho de Francisco Marques, que já foi integrante do TRE-AM e relator do processo que levou à cassação do ex-governador José Melo, em 2016, por compra de votos nas eleições de 2014.

No discurso de posse, o jurista destacou o aperfeiçoamento da justiça eleitoral para jovem democracia de modo a cumprir o mandamento.: “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente no limite da nossa Constituição”, ressaltou.

Fabrício afirmou ainda que se sente motivado e entusiasmado para servir o estado e contribuir para o fortalecimento da democracia.

“Tenho a convicção de que meus pilares éticos, científicos e assim como os meus valores morais e religiosos como também a experiência adquirida ao longo da advocacia me credencio a exercer o ônus com retidão, dignidade e responsabilidade devida. Trabalharei de forma insensata para cumprir e fazer cumprir as leis do nosso país”, declarou. 

O magistrado se referiu ainda ao ministro do Tribunal Superior de Justiça (STJ), Mauro Campbell Marques, presente na solenidade, com a fala. “Ao senhor ministro, todo o meu direito, admiração e orgulho. Saiba que doravante a minha responsabilidade aumenta sobejamente em honrar o sobrenome Marques”.

O presidente do TRE-AM, desembargador João Simões fez um apelo para que Campell, membro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), leve a mensagem da segurança da urna eletrônica, que o TRE-AM e o Amazonas quer um processo eleitoral  ‘tranquilo e seguro’.

“A segurança da urna não pode ser colocada em dúvida assim ao léu sem apresentação de uma mínima prova, sem um indício sequer que tenha havido qualquer fraude. As pessoas que plantam essa desinformação não estão a serviço do bem público, da garantia da estabilidade do processo eleitoral. Estão a serviço de outra coisa”, afirmou o desembargador.

Na segunda-feira, em viagem pelos Estados Unidos, Bolsonaro afirmou ter provas de que venceu a eleição de 2018 ainda no primeiro turno, diferentemente do resultado oficial. Na terça-feira, durante entrevista à imprensa, o presidente voltou a tocar no assunto. "Quero que vocês achem um brasileiro que confie no sistema eleitoral brasileiro", afirmou.

News larissa 123 1d992ea1 3253 4ef8 b843 c32f62573432
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.