Família sequestrada

Família permanece como refém após 12 horas de negociações

Um homem que seria o advogado de Isaac chegou ao local para ajudar nas negociações. Não há informações sobre o estado dos reféns.

Natasha Pinto
17/01/2022 às 14:13.
Atualizado em 08/03/2022 às 16:02

(Isasc está fazendo a família de refém com uma faca desde a noite deste domingo. Foto: Divulgação )

Após 12h de negociações Isaac de Souza Martins, 37, permanece mantendo refém a esposa de 40 anos e o casal de filhos de sete e oito anos, na manhã desta segunda-feira (17), na rua 15, do bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus.

Um homem que seria o advogado de Isaac chegou ao local para ajudar nas negociações. A energia da casa permanece cortada desde a madrugada.

Mesmo com a presença de familiares de ambas as partes, ainda não houve qualquer tipo de acordo entre Isaac e negociadores da polícia. Mesmo com a forte chuva, os negociantes permanecem conversando com o Isaac.

O clima no local é de tensão, pois a polícia se preocupa com a segurança das vítimas, que estão dentro de uma kitnet. As entradas das ruas foram bloqueadas por viaturas.

Segundo a vizinhança, Isasc andava armado e era bastante agressivo, ameaçando os moradores. Eles também afirmaram que ele era muito ciumento e que sua mulher, na noite de ontem (16), iria deixar a casa com o filhos, por isso os fez reféns.

A Policia segue tentando negociar a rendição de Isaac e afirmou fazer uma coletiva de imprensa ao termino da ocorrência.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por