Publicidade
Cotidiano
Notícias

Familiares de vítimas e sobreviventes participam de homenagem a acidente trágico

Colisão entre micro-ônibus e carreta, que chocou o País no dia 28 de março de 2014 e vitimou 15 pessoas ao todo, completa um ano em meio à dor da perda  28/03/2015 às 12:05
Show 1
Aproximadamente 100 pessoas participaram do ato, que relembrou a perda de 15 pessoas
Natália Caplan Manaus (AM)

ASSISTA AO VÍDEO ESPECIAL SOBRE O ACIDENTE

Cerca de 100 pessoas estiveram na homenagem de um ano às vítimas do acidente entre uma carreta e o microônibus da linha 825, na manhã deste sábado (28), na avenida Djalma Batista, embaixo do viaduto Airton Sena. Lá, familiares, amigos, sobreviventes e membros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) depositaram flores e acenderam velas pelas 15 vítimas do acidente, que chocou Manaus e o Brasil.

Depois, as pessoas presentes seguiram para o Complexo Viário 28 de Março - que recebeu este nome em alusão ao acidente e fica localizado na avenida Torquato Tapajós, na Zona Norte - para a realização de um culto ecumênico. 

“O ano passou muito rápido, mas a dor ainda é muito grande”, disse Rosângela Cunha Moraes, 49, mãe do motorista do veículo executivo Robert da Cunha Moraes, na época com 26 anos. “Me sinto mutilada, como se faltasse um pedaço de mim”, completou.

“Vamos fazer uma homenagem no Campeonato de Futebol do Bairro do Paz. Apenas duas das vítimas não moravam no bairro”, informou o irmão do rapaz, Alex Júnior, 26. O jogo está previsto para às 14h, no campo do Santos Dumont, na Zona Centro-Oeste da cidade.

Para Suzani e Priscila Alves de Araújo, 22 e 24 anos respectivamente, a perda do pai, Sebastião, tornou o dia 28 de cada mês extremamente doloroso. Ele deixou outros quatro filhos e quatro netos. “Ninguém imagina a dor que estamos sentindo”, afirmou a primeira, ao lembrar que o autônomo voltava do Centro com material para comemorar o aniversário do filho caçula, no dia seguinte. “Nosso irmão fará 18 anos amanhã. Mas é difícil para ele comemorar”, lamentou a filha.

Vítimas do acidente

Rosangela Cardoso Costa (39), Robert da Cunha Moraes (26), Adriane da Silva Fernandes (20), Lincoln Oliveira de Souza (21) Ricardo Oliveira (idade não confirmada), Ozaias Costa de Almeida (idade não confirmada), Quézia Guedes de Souza (24), Clarice Gomes Pires (58), Luis Miguel Guedes de Souza (1 ano e 6 meses), João Jorge Duarte Pires (56), Carlos Alberto da Silva Silveira (50), Tânia Mara da Rocha (50), Sebastião Alves de Araújo (50), e Gabriela Teles Messias (26) — ela estava grávida e o bebê, Davi, não sobreviveu ao parto de emergência.

Publicidade
Publicidade