Publicidade
Cotidiano
INTERIOR

Famílias ficam desabrigadas devido à enchente no município de Ipixuna, no AM

No dia 10 de janeiro, Defesa Civil havia colocado o município em Situação de Alerta. Conforme vereador, mais de 60 famílias estão desabrigadas por conta da subida das águas do rio Juruá 01/02/2017 às 21:05 - Atualizado em 01/02/2017 às 21:13
Show 16443867 1885977611647535 1662993838 o
Situação no município é de alerta devido à enchente (Foto: Divulgação)
acritica.com Manaus (AM)

Mais de 60 famílias estão desabrigadas no município de Ipixuna (distante 1.367 quilômetros de Manaus) devido à enchente do Rio Juruá. No dia 10 de janeiro, a Defesa Civil havia colocado a cidade em Situação de Alerta por conta do volume de chuvas. Medidas vêm sendo tomadas para conter os estragos provocados pela enchente.

Segundo o vereador do município, Raimundo Silva (PTB), todas as famílias moram na beira do rio Juruá. Conforme ele conta, apesar da situação de calamidade, os afetados continuaram em suas casas, localizadas no bairro Turrufão.

“Fizemos o possível entregando madeiras para fazer assoalhos e salvar o que era possível. A prefeita também tem trabalhado para conseguir recursos junto à Defesa Civil do Estado. A situação está bem difícil”, disse ele.

A reportagem tentou contato com a prefeita do município, Maria Oliveira (PSDB), mas não obteve sucesso até a publicação desta matéria.

Situação de Alerta

No dia 10 de janeiro, a Defesa Civil do Amazonas emitiu Situação de Alerta para os municípios localizados na calha do rio Juruá. As cidades estão em processo natural de enchente, mas a região ultrapassou a cota de alerta e apresenta um volume de chuvas acima da média para o período.

A Situação de Alerta é estágio que antecede a Situação de Emergência e foi emitido para os municípios de Guajará, Juruá, Eirunepé, Itamarati, Ipixuna, Envira, Cararuari.

Publicidade
Publicidade