Publicidade
Cotidiano
ATRAINDO ADEPTOS

Famosa brincadeira infantil, pular corda traz inúmeros benefícios ao corpo; saiba mais

Exercício emagrece, acelera o metabolismo, tonifica, promove agilidade e fortalece boa parte dos músculos do seu corpo 21/03/2018 às 14:51
Show vida0318 3f
(Foto: Divulgação)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Uma das brincadeiras mais populares entre a criançada certamente é pular corda. Porém, o que muitos não imaginam são os inúmeros benefícios ao corpo que esse exercício pode proporcionar. É o momento que a brincadeira de criança vira coisa séria com a possibilidade de emagrecimento mais eficiente que uma caminhada, por conta do esforço necessário para a atividade.

De acordo com o personal trainer Erivaldo Branco, personal trainer que atende pelo GetNinjas, maior plataforma de contratação de serviços da América Latina, pular corda é uma ótima opção de exercício aeróbico para quem não pode contar com uma bicicleta ou esteira à disposição. “A corda fortalece os ossos e os membros inferiores (coxa, panturrilha). Inicie com períodos de 3 a 5 minutos de atividade e não se preocupe, o ritmo e coordenação veem com o tempo e a prática”, defende.  O exercício, além de ajudar você a emagrecer, fortalece seu coração e pulmão, já que estimula o sistema cardiorrespiratório.

Dicas valiosas
Antes de começar a praticar o exercício você precisa comprar uma corda adequada. Compre uma corda de vinil, couro ou plástico. As feitas de sisal ou náilon devem ser evitadas, pois são muito leves e podem atrapalhar o seu desempenho ou menos provocar acidentes. 

É importante também medir o tamanho da corda: Pise no meio da corda e segure as pontas, se elas estiverem na altura da sua cintura, a corda está do tamanho certo! “É importante realizar uma avaliação funcional e mecânica do seu estado físico e se possível orientação e acompanhamento de um Educador Físico”, esclarece Erivaldo.

Como qualquer exercício físico, as roupas precisam ser adequadas. “Opte por roupas confortáveis e que evitem o suor; use tênis com amortecimento que suporte o impacto dos pulos, para evitar lesões nas articulações; mantenha sempre o corpo reto, olhando para frente; comece a pular com os dois pés e, na hora de aterrissar, faça isso com a parte da frente dos pés”, explica Erivaldo.

Escolha um local aberto para praticar o exercício. Caso não seja possível praticar num local aberto, certifique-se de que o local tenha boa ventilação, e não se esqueça de observar a altura do teto, pois tetos muitos baixos podem provocar acidentes.

Outra dica que o personal dá é em relação ao piso do local em que se fará os exercícios. Prefira praticar em locais com piso emborrachados. Se for pular corda em pisos de asfalto, concreto ou mármore, calce um tênis com bons amortecedores. Uma boa opção é colocar um tapete debaixo dos pés.

“É ótimo, também, para ser realizado para que não tem muito tempo, pois pode promover um gasto calórico significativo praticado por volta de 20 min”
Erivaldo Moreira, personal trainer da GetNinjas

 

Publicidade
Publicidade