Publicidade
Cotidiano
Notícias

Farinha sofre aumento é o produto mais caro da cesta básica de Manaus, aponta Dieese

Produto terminou o mês de setembro com aumento de 3,52%. "Dificuldades na colheita da raiz diminuiu a oferta aumentando o preço do produto", disse o órgão. Cesta também apresentou alta de 0,26% em relação a agosto 07/10/2014 às 15:40
Show 1
Produto registrou alta de 3,52% em setembro, afirma Dieese
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A farinha foi o produto da cesta básica de Manaus que apresentou maior alta em setembro, terminando o mês com aumento de 3,52%, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A cesta básica local também registrou ligeira elevação, ficando em R$ 302,49, o que corresponde a um aumento de 0,26% em relação ao mês de agosto.

Comparada às 18 cidades onde a pesquisa é feita, a cesta da capital - composta por 12 produtos - é a 7ª mais cara do país. Segundo o Dieese, o aumento no preço da farinha interrompeu um período de 8 meses de queda. “Dificuldades na colheita da raiz diminuiu a oferta aumentando o preço do produto”, informou o órgão.

O preço da cesta básica de Manaus apresentou alta de 0,26% em relação ao mês de agosto. No mês anterior o conjunto de itens alimentícios essenciais custava R$ 301,72. Em setembro de 2013 a cesta básica custou R$ 304,33, segundo o Departamento.

Com o resultado obtido, a cesta de Manaus s se configura como a mais cara do país, perdendo apenas para as de Florianópolis, São Paulo, Vitória, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, respectivamente. 

Outros produtos

O tomate teve um ligeiro aumento em Manaus de (0,93%) em setembro. A carne bovina, em pleno período de entressafra, apresentou aumento de preço em todas as regiões pesquisadas. O preço do arroz aumentou em Manaus em 0,35%.

A banana por sua vez apresentou a maior queda no mês, recuo seu preço em (-4,13%). O preço do óleo de soja diminuiu em todas as cidades, exceto no Rio de Janeiro, onde não variou. 

Publicidade
Publicidade