Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fatura de energia elétrica cairá 18,22% no Amazonas

Consumidores residenciais terão essa redução no valor da conta de energia elétrica a partir de fevereiro. Algumas indústrias tiveram reajuste pouco maior 25/01/2013 às 10:16
Show 1
Redução na conta de luz dos amazonenses entrará em rigor no mês de fevereiro
acritica.com ---

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou ontem qual será o porcentual de reajuste para cada distribuidora do País. Para o consumidor residencial do Amazonas, a Agência diz que a redução será de 18,22%.

Os números mostram o quanto cada consumidor residencial terá de desconto na próxima fatura. Significa que os preços menores serão praticados sobre o consumo feito a partir de ontem.

Todos os consumidores residenciais receberam desconto mínimo de 18%. A redução anunciada pela presidente em seu pronunciamento de 7 de Setembro era de 16,2% para o consumidor e de até 28% para a indústria.

Maior

Algumas distribuidoras tiveram reajuste pouco maior, como é o caso da UHENPAL (Nova Palma Energia), que atua no Rio Grande do Sul, e que poderá aplicar o maior desconto: 25,9%.

Ao todo, oito empresas tiveram abatimento superior a 19%. Segundo o governo, federal, isso ocorre porque cada empresa pratica uma tarifa diferente – em função das peculiaridades de cada concessão.

“A tarifa de energia elétrica deve garantir o fornecimento de energia com qualidade e assegurar aos prestadores dos serviços receitas suficientes para cobrir custos operacionais eficientes e remunerar investimentos necessários para expandir a capacidade e garantir o atendimento”, diz a Aneel, em nota divulgada ontem.

Média da redução

O efeito médio de redução continua mantido em 20,2%, conforme havia sido anunciado pela presidente Dilma Rousseff em setembro do ano passado, e reforçado anteontem, em pronunciamento na televisão.

Para os consumidores de alta tensão, como grande indústrias, o desconto na fatura de energia a ser concedido pelo governo pode chegar a 32%.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

Publicidade
Publicidade