Quarta-feira, 08 de Dezembro de 2021
Atendimento psicológico

FEI realiza atendimento psicológico voltado aos indígenas

As consultas auxiliam a comunidade indígena a combater e lidar com conflitos pessoais e sociais



Sem_titulo_DDC941FD-63CB-49E7-8A3E-562CC5D86839.jpg Foto: Divulgação
26/08/2021 às 12:29

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação Estadual do Índio (FEI), destaca a importância do apoio psicológico aos indígenas. Os agendamentos e consultas podem ser realizados das 8h às 15h na sede da fundação, localizada na avenida Torquato Tapajós, s/nº, Colônia Terra Nova, zona norte de Manaus.

De acordo com o diretor-presidente da FEI, Edivaldo Munduruku, as consultas auxiliam a comunidade indígena a combater e lidar com conflitos pessoais e sociais, além de trabalhar os direitos humanos com estes povos.



Estimulando e priorizando o fortalecimento psicológico, a fim de evitar transtornos mentais, os agendamentos podem ser realizados indo até a instituição portando RG, CPF e Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (Rani) ou Autodeclaração Indígena, dentro do horário de atendimento.

Para a terapeuta holística e servidora pública na FEI, Lucia Neves, a importância do atendimento psicológico e terapêutico é de grande importância aos povos indígenas.

“A visão terapêutica é fundamental, pois as dores dessas pessoas são muito semelhantes às nossas, assim como nós muitas vezes não temos conhecimento onde funciona um determinado trabalho gratuito. Qual a informação, onde buscar a informação, isso é um dado que para todos nós brasileiros é muito escasso. Aqui, há mais de um ano, temos esse atendimento”, disse.

“Agora começamos a levar para eles esse tipo de informação, estamos aqui na FEI para recebê-los, conversarmos e fazer o que chamamos de os primeiros tratamentos humanizados, que é receber essas pessoas com carinho, respeito e responsabilidade. Juntos nós podemos fazer uma troca de ideias, aprendizagens e acolhimento”, finalizou.

Data – No Brasil, a data comemorativa pelo Dia do Psicólogo surgiu em 27 de agosto de 1962, após o presidente João Goulart sancionar a Lei n° 4.119, regulamentada pelo Decreto nº 53.464, em janeiro de 1964, oficializando a profissão.

A partir de 1971, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) foi criado pela Lei n° 5.766, dando origem aos sete primeiros Conselhos Regionais de Psicologia. O Amazonas se encontra na 20° região por meio da sede administrativa em Manaus, abrangendo Rondônia, Roraima e Acre.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.